Sucessos de Vettel e Verstappen inspiram Gasly na Red Bull

compartilhar
comentários
Sucessos de Vettel e Verstappen inspiram Gasly na Red Bull
Federico Faturos
Por: Federico Faturos
Traduzido por: Daniel Betting
6 de set de 2018 11:09

Pierre Gasly, que em 2019 chegará à Red Bull vindo da Toro Rosso, se sente inspirado para trilhar mesmo caminho de Sebastian Vettel e Max Verstappen na Fórmula 1

No último fim de semana, no GP da Itália, se completaram 11 meses da estreia de Pierre Gasly na Fórmula 1, quando foi chamado pela Toro Rosso para substituir Daniil Kvyat no GP da Malásia.

O francês aproveitou a chance do ano passado para garantir a vaga para a temporada de 2018, somando 28 pontos contra apenas dois de Brendon Hartley, seu companheiro de equipe e também estreante na F1.

Os resultados de Gasly lhe renderam uma vaga na Red Bull em 2019 como substituto de Daniel Ricciardo, seguindo um caminho feito pelo australiano, por Max Verstappen e Sebastian Vettel, este último o mais bem-sucedido na equipe, com quatro campeonatos mundiais pelo time.

Leia também:

"É uma grande mudança, mas dois ex-pilotos da Toro Rosso fizeram", respondeu Gasly lembrando que há um ano estava assistindo o GP da Itália na TV e agora está confirmado para a Red Bull em 2019.

"Sebastian Vettel e Max Verstappen fizeram, por isso é possível. Isso é o que eu quero alcançar na Fórmula 1. Eu quero estar no topo e eu estou sempre vendo os exemplos deles. É um grande passo, mas não é impossível. Se a Red Bull me deu a oportunidade significa que eles acreditam em mim e acreditam no meu potencial e nas coisas que eu posso fazer na Fórmula 1", completou.

"Desde que eu cheguei na F1 me senti muito bem e eu senti que sempre melhorei. Corrida a corrida estava me sentindo muito melhor do que eu estava quando eu entrei no carro na Malásia para a minha estreia, por isso, sem dúvida, foi tudo muito rápido, não esperava, mas estou com fome e entusiasmado com os desafios que estão por vir", disse o francês.

Hartley: "Gasly irá bem na Red Bull"

Ao contrário de Gasly, Hartley não teve vida fácil em sua primeira temporada completa na Fórmula 1, chegando a questionar sua continuidade na Toro Rosso para completar o ano.

Seu companheiro de garagem teve corridas de destaque, como o quarto lugar no Bahrain, o sétimo em Mônaco ou o sexto na Hungria, enquanto o piloto da Nova Zelândia tem apenas duas posições entre os dez primeiros (Azerbaijão e Alemanha) como seus melhores resultados.

Nesse contexto, Hartley elogiou a chegada de Gasly na Red Bull e garante que ele fará um bom trabalho.

"Eu acho que ele irá bem no próximo ano na Red Bull ano. Eu não quero criar qualquer manchete, mas, obviamente, para muitas pessoas ainda é um desconhecido, somos dois novatos que são companheiros de equipe, mas eu tive muitos companheiros de equipe no passado e tenho certeza de que ele vai se sair bem na Red Bull", disse.

Informações adicionais de Edd Straw

Próxima Fórmula 1 matéria
Hamilton diz que F1 sentiria falta de Raikkonen

Previous article

Hamilton diz que F1 sentiria falta de Raikkonen

Next article

Presidente da FIA descarta novas fabricantes na F1 em 2021

Presidente da FIA descarta novas fabricantes na F1 em 2021
Load comments

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Pilotos Pierre Gasly
Autor Federico Faturos
Tipo de matéria Últimas notícias