"Surpreso" por ausência, Button vê que Barrichelo tem lenha para queimar

Falando ao TotalRace, inglês chamou de "corajosa" mudança do brasileiro para a F-Indy e reclamou por falta de festa

Button foi companheiro de Barrichello por quatro temporadas

Certo de que Rubens Barrichello ainda teria lenha para queimar na F-1, e ‘decepcionado’ pelo brasileiro não ter dado uma festa no Brasil, por ainda ter possibilidades de estar no grid em 2012, Jenson Button afirmou ao TotalRace que vai sentir falta de seu ex-companheiro dos tempos de Honda e Brawn.

“Ele é um amigo, trabalhei com ele por vários anos e o respeito muito. Acho que a F-1 vai sentir falta dele, todos ficamos muito desapontados que ele não vai correr neste ano e também porque ele decidiu lutar até o fim para ter uma vaga e acabamos sem fazer uma grande festa no final do ano no Brasil.”

Button acredita que Barrichello teria plenas condições de fazer sua vigésima temporada na F-1.

“Rubens é um ‘racer’, ele ainda ama fazer isso. Acho que ele está com 40 anos [completa em maio], fez mais GPs que qualquer outro e ainda tem a fome de correr, ainda é rápido. É um dos melhores para acertar o carro.”

O inglês, que foi companheiro do brasileiro entre 2006 e 2009, desejou-lhe sorte na F-Indy, ainda que considere a mudança “corajosa”.

“Estou surpreso que ele não esteja mais aqui. Ele tem sua nova carreira, na Indy, o que acho corajoso, depois de ficar aqui por tanto tempo, mas Rubens será forte, certamente.”

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP da Austrália
Pilotos Jenson Button , Rubens Barrichello
Tipo de artigo Últimas notícias