Sutil: "As equipes da frente vão perder mais que a gente"

Alemão comenta fim do difusor soprado e admite que Force India falhou ao tentar usar sistema, por isso não perderá como outros times

Adrian Sutil

Para Adrian Sutil, a Force India não deve ter problemas com o fim do difusor soprado a partir do GP da Grã-Bretanha de F-1 por um simples motivo: eles não se deram bem com o dispositivo.

O alemão acredita que as equipes da frente, como Red Bull e Renault, sofrerão mais que as outras, mas isso também não representará em uma queda brusca de rendimento por parte dos times de ponta.
 
"As equipes da frente vão perder mais que a gente, pois eles usaram isso por um bom tempo e provavelmente extraíram o máximo; Já nós falhamos nisso, então acreditamos que esta mudança será positiva. A Red Bull ainda será rápida e não vai perder a performance, provavelmente", comenta.
 
Correndo na casa da equipe (literalmente, uma vez que a Force India fica localizada à frente do autódromo, na antiga fábrica da Jordan), Sutil tem boas expectativas. "É um circuito muito bom, que traz um bom sentimento sempre, por ser de alta velocidade e contar com curvas rápidas, o que gosto na F-1."
 
"Espero por bons pontos e boas chances. Gosto do circuito e fiz uma boa corrida em 2010, chegando em sétimo. Correndo na frente da fábrica eu quero brilhar, e espero uma corrida boa como Valência. Chegar em oitavo, por aí, será bom", completa.
 
(Colaborou Luis Fernando Ramos, de Silverstone)
Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP da Grã-Bretanha
Pista Silverstone
Pilotos Adrian Sutil
Tipo de artigo Últimas notícias