Sutil deixa posto de piloto reserva da Williams

Alemão busca oportunidades no Mundial de Endurance e no DTM; Super GT, categoria de turismo sediada no Japão, também não está descartada

Adrian Sutil não é mais piloto reserva da Williams. O alemão, que fora anunciado no time de Grove às vésperas do GP da Malásia do ano passado, busca oportunidades como titular e, por isso, segue atrás de oportunidades fora da Fórmula 1.

Mesmo antes do acidente de Valtteri Bottas em Melbourne, que deixou a Williams com apenas um piloto no GP da Austrália de 2015, a equipe já estava interessada em Sutil - que esteve presente em todas as corridas da F1 realizadas fora da Europa no ano passado; nas etapas europeias, ele ficava na própria residência, em standby.

Embora tenha pilotado no simulador, Sutil não andou com o FW37 na pista em nenhum momento e sempre disse que o posto na Williams era temporário, que ele seguia procurando outras oportunidades.

É sabido que Sutil tem interesse em uma vaga no Mundial de Endurance ou no DTM e, com menos intensidade, no Super GT, categoria de turismo japonesa - na qual já disputou uma etapa, em 2006.

Ainda não se sabe se a equipe contratará outro piloto experiente para o cargo de reserva. Com Sutil fora e Susie Wolff aposentada, Alex Lynn é o piloto de testes ligado ao time e deve continuar no posto.

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Pilotos Adrian Sutil
Equipes Williams
Tipo de artigo Últimas notícias