Sutil processa Sauber e pede R$ 14 milhões

Piloto alemão que competiu pela escuderia em 2014 tem a mesma alegação de Giedo van der Garde

Assim como no ano passado, o ano não começa nada bem para a Sauber nos tribunais. Depois que Giedo van der Garde ter requerido lugar para correr em 2015, é a vez de Adrian Sutil mover ação contra a equipe, pedindo US$ 3,5 mi, aproximadamente R$ 14 milhões, é o que diz o jornal suíço Neue Zurcher Zeitung. A suprema corte de Zurique teria aceitado o processo.

Segundo a matéria, a alegação de Sutil é semelhante a de van der Garde, que teria um contrato para competir pela Sauber no ano de 2015. A escuderia argumenta que está no seu direito de recusar os serviços do alemão pelo fraco desempenho, acúmulo de pontos negativos ocasionado por infrações na pista, além de ter criticado a equipe publicamente em coletiva de imprensa.

 

 

A Sauber também afirma que Sutil não cumpriu parte do prometido, que era de aumentar em 40 milhões de francos suíços, cerca de R$ 160 milhões, em patrocínios.

Sutil se mostrou confiante quanto ao processo: "estou tranquilo em relação a isso, já que não fiz nada errado."

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Pilotos Adrian Sutil
Tipo de artigo Últimas notícias