Sutil vê Lotus prejudicada por não participar de primeiro teste

Alemão defende que as simulações não são suficientes para entender novo carro e vê vantagem de andar na pista

A Lotus pode se prejudicar por não participar dos primeiros testes para a próxima temporada, no final de janeiro, acredita o novo piloto da Sauber, Adrian Sutil. Para o alemão, com as mudanças no regulamento técnico para 2014, as equipes precisam aproveitar o máximo de tempo de pista possível para se preparar.

“Acho que precisamos de testes de verdade, e não de trabalho no simulador, porque não dá para simular tudo. No final, você precisa ir ao circuito e ver como funciona”, afirmou Sutil à Reuters.

“É um teste muito importante e não temos muitos [destes], então acho que é claro que haverá uma desvantagem para a Lotus. Mas quem sabe o porquê dessa decisão? Diria que definitivamente não é bom.”

De acordo com o time de Enstone, a decisão foi tomada porque um teste em 28 de janeiro “não é ideal para nosso programa de construção e desenvolvimento”, dando indícios de que os trabalhos na equipe estão atrasados.

A equipe vem tendo problemas financeiros e ainda não pagou Kimi Raikkonen pela última temporada, tendo também atrasados pagamentos de Romain Grosjean e de outros membros do time. Além disso, o acordo com a Renault para a cessão de motores ainda não foi anunciado. Para barrar os rumores, a equipe twittou fotos com peças que seriam do novo carro.

Falando sobre o primeiro teste, Sutil não acredita que as experiências iniciais dos novos carros serão “hilárias”, como declarou recentemente Jenson Button. “Talvez não tenhamos problemas e todos façamos várias voltas. Quem sabe? Mas normalmente, com um novo motor, você sofre alguns problemas. Não acho que será um desastre, porque acredito que todos sabem como fazer um motor.”

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Pilotos Adrian Sutil
Tipo de artigo Últimas notícias