Sutil volta atrás e não recorrerá de apelação para o caso Lux

Incidente aconteceu há um ano e o ex-piloto da Force India foi condenado a 18 meses de liberdade condicional e uma multa de € 200,000

Adrian Sutil não recorrerá da apelação contra Eric Lux. Após uma briga durante o fim de semana do GP da China de 2011, onde Sutil agrediu violentamente o chefe da Genii Capital em uma boate em Xangai, o alemão foi julgado e processado pelo ato e pegou 18 meses de liberdade condicional e uma multa de 200 mil Euros, quase 460 mil Reais.

Mas após uma conversa com o agredido, tudo parece ter chegado dentro dos conformes.

"Eu estou muito feliz de ter conversado com Eric Lux e o caso não vai ser levado a julgamento novamente", disse Sutil ao jornal alemão Bild. "Eu não quero passar um ano como este último novamente. Eu quero fazer o meu melhor o mais rápido possível, que é correr na Fórmula 1".

O jornal ainda afirma que a Superlicença de Adrian Sutil não foi afetada com o incidente. E para o manager do piloto, agora é hora de focar em voltar à Fórmula 1.

"Nós estamos muito satisfeitos que Eric Lux e Adrian tenham falado sobre o assunto e colocado uma pedra por cima de tudo. Agora nosso foco ficará somente no esporte e vamos fazer de tudo para Adrian volte para a Fórmula 1."

Na temporada de 2012, Adrian Sutil foi substituído na Force India pelo compatriota Nico Hulkenberg.

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias