Tatiana Calderón se diz “pronta para pilotar na F1"

compartilhar
comentários
Tatiana Calderón se diz “pronta para pilotar na F1
12 de dez de 2017 21:06

Piloto de desenvolvimento da Sauber acredita que merece a oportunidade de assumir o volante de um carro da categoria

Tatiana Calderon, Sauber Test Driver
Tatiana Calderon, RP Motorsport
Tatiana Calderon, Sauber Test Driver
Tatiana Calderon, RP Motorsport
Tatiana Calderon, Sauber Test Driver
Tatiana Calderon, RP Motorsport
Tatiana Calderon, Development Driver, Sauber F1, on stage between Natalie Pinkham, Presenter, Sky Sports F1, Suzie Wolff, TV Pundit, Channel 4 F1
Tatiana Calderon, RP Motorsport

A colombiana Tatiana Calderón, que desde fevereiro deste ano é piloto de desenvolvimento da Sauber, acredita que merece a oportunidade de assumir o volante de um carro da Fórmula 1.

A piloto de Bogotá mostra vontade de continuar fazendo parte da Sauber na nova fase da equipe, que a partir da temporada 2018 utilizará motores Alfa Romeo.

"Há coisas boas cozinhando, mas nada definido. Mas tem vindo por parte deles (Sauber) o desejo de continuar expandindo o programa. Acredito que querem me dar mais oportunidades e me dar a chance de testar o carro", disse Tatiana em entrevista à agência de notícias Efe.

Depois de ganhar a confiança da equipe com seu trabalho no simulador, a piloto acredita estar pronta para assumir o volante de um Fórmula 1.

"Esse é o próximo passo e espero que esteja na Sauber", disse a colombiana.

Tatiana, que além de combinar sua função na Sauber, com a participação na GP3 Series, fez uma boa estreia na Fórmula Mundial de Fórmula V8 3.5 e subiu no pódio na última rodada da categoria no Bahrein.

"Chegar lá em minha estreia e subir no pódio na última corrida do campeonato, contra pilotos que estavam mais acostumados com o carro do que eu confirma que estou pronta, e um carro mais poderoso não é muito mais para mim", disse, orgulhosa de terminar em terceiro lugar na prova.

"Foi um dos melhores momentos da minha carreira, me permitiu ganhar credibilidade, inclusive com a Sauber. Para mim foi importante porque é um carro que realmente exige em todas as áreas, com paradas nos boxes e um circuito que é um dos mais físicos porque as forças G são bastante altas, o que significa que estou preparada em vários âmbitos, físico e mental, e que posso pilotar um carro mais rápido", acrescentou.

Calderón acredita que chegou o momento de dar o próximo passo.

“Estamos querendo que eles me deem tempo no carro para saber quais áreas eu tenho que continuar trabalhando. Eu acho que estou pronta para dar o próximo passo", afirmou.

"Recebi vários relatórios que enviaram e eles estão muito felizes com o trabalho que fizemos, agora estamos conversando para ver se podemos continuar com este trabalho e adicionar algumas outras coisas", explicou.

"O trabalho deste ano tem sido benéfico para eles e também para mim, e espero poder seguir neste caminho, passo a passo, para o sonho da Fórmula 1", concluiu.

Próxima Fórmula 1 matéria
Pérez crê que Ocon terá pressão extra em segundo ano

Previous article

Pérez crê que Ocon terá pressão extra em segundo ano

Next article

Gasly: “Espero ter chances de pontuar em todos os GPs”

Gasly: “Espero ter chances de pontuar em todos os GPs”
Load comments

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Pilotos Tatiana Calderon
Equipes Sauber
Tipo de matéria Últimas notícias