Tem que haver perigo nas corridas de F1, diz Da Costa

compartilhar
comentários
Tem que haver perigo nas corridas de F1, diz Da Costa
Federico Faturos
Por: Federico Faturos
14 de fev de 2016 15:10

Ex-piloto reserva da Red Bull se mostra crítico do conceito de cockpit fechado na categoria

FIA testando cockpit fechado
FIA closed cockpit testing
FIA to carry out closed cockpit tests
Head protection, closed

Ex-piloto reserva da Red Bull, Antonio Félix da Costa disse que a Fórmula 1 está errada em querer cockpits fechados como medida de segurança para o futuro.

Seguindo uma vontade da Associação de Pilotos de Grand Prix, um cockpit fechado do conceito "Halo" está prestes a ser implementado nos carros de F1 em 2017.

Reserva da Red Bull em 2013 e 2014, Felix da Costa, que agora corre na Fórmula E e no DTM, falou sobre a introdução de cockpits fechados para a F1.

"Tudo o que F1 faz em três, quatro ou cinco anos estará em todas as outras categorias", disse o piloto português ao Motorsport.com. "Então eu acho que essa é a ideia principal: que a F1 serve de exemplo para os outros campeonatos".

"É bom que tudo é muito mais seguro hoje, nós quase não temos mortes e isso é um grande negócio. Mas como piloto eu acredito que tem que haver um elemento de perigo".

"Eu sei que pode não ser justo dizer, mas é um esporte muito perigoso e é por isso que há apenas cerca de 20 pilotos em uma categoria, em vez de 100 mil. E nós temos que mantê-la assim."

Felix da Costa também lamentou o fato de que a F1 poderá vir a perder o padrão de cockpit aberto que sempre fez parte da categoria.

"Tem (cockpits fechados) mais seguros? Sim. Mas no final das contas, quanto tempo a F1 teve cockpits abertos?"

"Eu gostaria de ter vivido nos anos 80, 90. Tudo era muito mais simples, não havia muito política. Era mais "piloto, carro e vamos embora".

Di Grassi a favor

O brasileiro Lucas di Grassi, que correu pela Virgin na F1 em 2010 e atualmente se encontra em segundo na classificação da Formula E, deu um ponto de vista diferente, apoiando os esforços de cockpits fechados na F1.

"Na forma ideal, os cockpits serão tão fechados como eles são em corridas de protótipos", disse Di Grassi ao Motorsport.com. "É a melhor solução para a aerodinâmica e para a segurança dos pilotos."

Entrevistado por Federico Faturos

Próxima Fórmula 1 matéria
Briatore diz que F1 atual é videogame para engenheiros

Previous article

Briatore diz que F1 atual é videogame para engenheiros

Next article

McLaren divulga vídeo com som do motor para 2016

McLaren divulga vídeo com som do motor para 2016
Load comments

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Pilotos Lucas di Grassi , Antonio Felix da Costa
Autor Federico Faturos
Tipo de matéria Últimas notícias