"Temos ritmo para estar entre os cinco primeiros", crava Senna

Durante o GP de Abu Dhabi, Maldonado foi melhor que Alonso antes de problema no Kers e Bruno se diz mais rápido que Massa

A performance da Williams em Abu Dhabi animou Bruno Senna, que não descartou terminar entre os cinco primeiros caso tenha um final de semana livre de problemas nas duas etapas finais do campeonato.

Ao TotalRace, o piloto assegurou que a equipe compreendeu os problemas que vinha tendo nessa segunda metade de temporada, especialmente com a asa dianteira. “É um carro muito bem nascido e acho que entendemos os problemas que estávamos tendo, o que melhorou nossa chance de estar competitivo. Agora temos de trabalhar para não termos problemas técnicos para ter mais finais de semana competitivos como este porque sabemos que o carro tem ritmo bom para estar entre os cinco primeiros”.

Prova disso seria a performance relativa à Ferrari. Enquanto seu companheiro, Pastor Maldonado, foi melhor que Fernando Alonso até ter o problema com seu Kers, Senna disse que tinha ritmo para superar Felipe Massa. “A gente tinha muito mais performance do que a Ferrari do Felipe, mas ele tinha DRS porque estava próximo do Kobayashi e meu pneu começou a esquentar demais. Realmente, esta pista não favorece ultrapassagem. Um pouco mais de desenvolvimento do carro pode nos ajudar a ganhar velocidade para o próximo ano"

A citação sobre o “próximo ano” chama a atenção, tendo em vista a situação indefinida e pouco favorável dentro da Williams. “Não tenho nenhum motivo para não ajudar a equipe para o próximo ano. Temos uma direção bem clara do que fazer para o carro ficar ainda mais competitivo. Esse é o objetivo e, se estiver aqui ano que vem, terei um carro melhor”, garantiu Senna, que admitiu não esperar continuar na prova após o choque com Nico Hulkenberg na primeira curva. “Tinha uma proteção divina no carro porque levei uma bela porrada. Foram umas quatro ou cinco ultrapassagens, mas o importante foi ter um ritmo forte quando tive ar livre para não deixar o pessoal que vinha atrás ganhar a posição de volta. Mesmo com o pitstop ruim, tínhamos ritmo para ficar na frente”.

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento Abu Dhabi GP
Pilotos Pastor Maldonado , Bruno Senna
Tipo de artigo Últimas notícias