Tempos da GP2 serão mais próximos da F1 este ano, acredita Button

Para inglês, ainda há uma grande margem de melhora, mas perda de velocidade devido às novas regras aproximará categorias

Com todas as mudanças de regulamento e as equipes ainda procurando entender os novos carros, a F1 ficou mais lenta este ano. Em Jerez, na semana passada, apenas tr~es carros fizeram tempos melhores do que os carros da GP2 fizeram no mesmo circuito em 2013. O mais rápido na semana passada foi Kevin Magnussen, apenas 0s724 à frente do melhor da GP2 em 2013 e mais de quatro segundos mais lento que o líder do ano passado nos mesmos testes da F1.

Para Jenson Button, companheiro de Magnussen na McLaren, os tempos ainda vão melhorar, mas haverá uma proximidade maior com a GP2 durante toda a temporada. “Os carros da GP2 estarão mais próximo da gente em determinados circuitos", respondeu à ESPN. "Nas pistas de alta velocidade seremos mais rápidos ainda, mas não tão mais rápidos”, avaliou o inglês, que também creditou aos pneus a perda de velocidade.

"O pneu médio atual é meio segundo mais lento do que o do ano passado. Além disso, os carros estão também mais pesados, o que está custando 1s2. Então, só estas duas mudanças já somam entre 1s6 e 1s8”, analisou o campeão de 2009.

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Pilotos Jenson Button
Tipo de artigo Últimas notícias