Terceiro, Massa destaca corrida importante dentro da Ferrari

Brasileiro comemora sua melhor posição de largada em mais de uma temporada: "Não basta ser bacana, é preciso ter resultado”

Felipe Massa conquistou sua melhor posição de classificação desde o GP do Canadá de 2011, ficando na frente do companheiro Fernando Alonso pela primeira vez desde o GP da Coreia do mesmo ano, há 14 provas. Com o terceiro lugar no grid para o GP da Itália, o brasileiro destacou a importância do resultado em sua situação interna na Ferrari e antevê a possibilidade de fazer uma boa corrida dado o ritmo mostrado pelo carro nos treinos.

“O melhor lugar é sempre primeiro, mas foi, sem dúvida, uma ótima classificação. Estava sentindo falta de um lugar na foto dos três primeiros. Fiz uma ótima volta e a diferença para a McLaren foi pequena. Será uma corrida importante para a equipe e para mim. Espero que esse terceiro lugar seja o começo de uma ótima corrida amanhã”, afirmou ao TotalRace.

“A gente corre pensando no resultado, ainda mais quando já andou na frente. Estamos aqui para guiar o carro, que é o que dá mais prazer mas, quando você não está feliz, isso não ajuda. Estou muito feliz e espero ficar ainda mais amanhã. É muito importante do lado psicológico, mas do lado da equipe também. No final das contas, você pode ser o cara mais bacana, mais bonito, e não vai adiantar nada. A gente corre em função do resultado.”

Pensando na corrida, Massa acredita que a falta de velocidade de reta da Ferrari possa ser um empecilho, mas confia no ritmo do carro.

“Tive um bom carro, especialmente no segundo e no último setores, acho que isso ajudou bastante para largar entre os três. A McLaren tem um ótimo carro, mas o nosso também está bom. A velocidade de reta deles é um pouco maior, o que atrapalha um pouco em ultrapassagem, mas a corrida é longa e vamos tentar fazer o nosso melhor.”

O brasileiro lamentou a quebra no carro do companheiro Fernando Alonso, relegado à décima posição no grid.

“Acho que ele teve um problema, porque deveria estar mais acima na classificação. Não sei o que aconteceu, mas estou feliz com minha volta. Sempre tentei entrar no vácuo, mas quando fiz minha última volta, estava completamente fora do vácuo e isso foi melhor para mim.”

Assim, Massa destacou seu papel na tentativa de tirar pontos dos rivais de Alonso, que lidera o campeonato com 24 pontos de vantagem para Sebastian Vettel, quinto no grid.

 “É uma pena o Fernando não estar aqui, porque ele foi rápido por todo o final de semana. Era para ele estar largando bem também, mas vamos tentar fazer uma ótima corrida, o que é super importante para a Ferrari na Itália e para o Alonso também. Espero que ele consiga fazer uma grande corrida largando em décimo.”

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP da Itália
Pilotos Fernando Alonso
Tipo de artigo Últimas notícias