Terceiro no grid, Schumacher vê Mercedes andando bem na chuva

Alemão, que era 14º antes da paralização no treino, reconheceu que a paralização de mais de 90 minutos o beneficiou

Michael Schumacher comemorou o terceiro lugar no grid de largada para o GP da Grã-Bretanha e frisou o bom ritmo da Mercedes sob chuva.

“Estamos competitivos na chuva, seja com pneus intermediários, seja com pneus de chuva, mas nossas chances dependem de quanta chuva virá amanhã. Queria uma corrida em condições mistas ou com bastante chuva. Qualquer uma das duas.”

Quando o treino teve bandeira vermelha pelo excesso de água na pista, o alemão era apenas o 14º e tinha problemas para manter sua Mercedes na pista, mas conseguiu se recuperar.

“No Q2, antes da interrupção, meu visor ficou completamente embaçado e, como não tenho anti-fog, não tinha nenhuma visibilidade. Por isso, comecei a escapar para tudo quanto era lado. A interrupção nos ajudou bastante.”

O heptacampeão salientou a animação dos fãs britânicos, que aguardaram na chuva por mais de 90 minutos até que a sessão fosse reiniciada. “Foi uma classificação mais estressante para o público, que se manteve conosco o tempo todo. Fiquei contente ao vê-los nos apoiando e quero agradecê-los por tudo.”

Nico Rosberg teve sorte completamente inversa à do companheiro. O alemão era um dos mais rápidos antes da interrupção do treino, mas acabou dando uma escapada no reinício da sessão e não conseguiu marcar um bom tempo, caindo para a 11ª colocação.

“Não fui bem o bastante hoje e precisamos entender o que aconteceu, porque ontem eu era muito mais rápido nas mesmas condições. Mas ainda estou confiante para amanhã e ansioso para a corrida, pois neste ano é possível marcar muitos pontos mesmo largando bem atrás.”

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP da Grã-Bretanha
Pista Silverstone
Pilotos Michael Schumacher , Nico Rosberg
Tipo de artigo Últimas notícias