Testes de Jerez não foram muito proveitosos para os pneus, diz Pirelli

Segundo Paul Hembery, diretor da fornecedora italiana, equipes se focaram mais em conhecer os próprios carros

Com todas as equipes procurando entender ao máximo os motores V6 turbo e as novas regras da F1, a semana de testes em Jerez, na Espanha, acabou não sendo tão proveitosa em relação à compreensão dos pneus de 2014. Para o diretor da Pirelli, Paul Hembery, isso já era esperado, mas no Bahrein será diferente.

“Neste teste em Jerez, a ênfase não era sobre os pneus”, disse Hembery. “Os times estavam tentando atingir as primeiras quilometragens com seus carros e obter uma compreensão do novo conjunto de regras, que mudou radicalmente este ano. Com tanta coisa para entender sobre os motores e a aerodinâmica, as equipes se focaram em conhecer seus carros”, continuou.

Segundo Hembery, algumas equipes já conseguirão se concentrar mais nos pneus na próxima semana de testes, que começará na segunda metade de fevereiro, no Bahrein. “Nos próximos testes, no Bahrein, é provável que eles se concentrem nos pneus um pouco mais, pois terão duas semanas para desenvolver seus carros e corrigir quaisquer problemas que foram identificados em Jerez”, argumentou.

Hembery também comentou que a Pirelli está disposta ainda a fazer modificações nos pneus, caso seja necessário. “Estamos abertos, flexíveis e prontos para adaptar os nossos pneus no Bahrein, caso seja identificada a necessidade de fazê-lo”, garantiu.
 

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias