Times médios não podem abandonar projeto de 2013, diz Monisha

compartilhar
comentários
Times médios não podem abandonar projeto de 2013, diz Monisha
Por: Julianne Cerasoli
14 de fev de 2013 09:59

Chefe da Sauber lembra que orçamento destas equipes dependem diretamente do resultado obtido no ano anterior

A chefe da Sauber, Monisha Kalterborn, descarta abandonar cedo o projeto desta temporada para focar exclusivamente no carro de 2014. Espera-se que algumas equipes façam isso para aproveitar-se ao máximo das mudanças que ocorrerão no regulamento da Fórmula 1 ano que vem.

A dirigente, no entanto, lembrou da importância que o resultado de uma temporada tem para o ano seguinte no caso de times menores. Afinal, grande parte do orçamento vem do dinheiro distribuído com base na colocação no Mundial de Construtores. Por isso, a Sauber precisa colocar-se bem na tabela antes de focar no próximo carro.

“Uma equipe privada não pode se dar a esse luxo. As consequências do nosso futuro dependem do resultado deste ano. Não há motivo para acreditar que não devemos ser competitivos. Acredito que os carros estarão próximos novamente devido à relativa estabilidade nas regras e é nesse momento que você precisa superar os demais”, afirmou ao site oficial da F-1.

Monisha admitiu que a Sauber começou o desenvolvimento do carro do próximo ano, a exemplo dos rivais. “Mas, devido a nossas limitações, encaramos um desafio maior para encontrar o equilíbrio entre os recursos colocados no carro atual e trabalhar no novo. Espero que este malabarismo não nos cause nenhuma desvantagem.”

Próxima Fórmula 1 matéria
Ricciardo quer brigar por "melhor do resto" e fala em vitória

Previous article

Ricciardo quer brigar por "melhor do resto" e fala em vitória

Next article

Dono da Force India sofre pressão por dívida de 1,3 bi

Dono da Force India sofre pressão por dívida de 1,3 bi
Load comments

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Autor Julianne Cerasoli
Tipo de matéria Últimas notícias