Título veio de "uma maneira horrível", diz Hamilton

Recém-coroado campeão mundial de Fórmula 1, britânico afirmou que deixou espaço para evitar choque com Vettel

Lewis Hamilton entrou em contato com o rival da Ferrari Sebastian Vettel no início da corrida e pneu furado o jogou para a parte de trás do grid.

Incapaz de fazer muito progresso do alemão, Hamilton passou a terminar a corrida uma volta atrás do vencedor da corrida, Max Verstappen, e cinco posições atrás de Vettel.

Isso foi o suficiente para selar seu quarto título mundial, pois o piloto alemão precisava terminar pelo menos em segundo para ter uma chance de adiar o título de Hamilton.

O britânico disse que não teve culpa no choque com Vettel.

"Foi uma maneira horrível de conquistá-lo, para ser honesto. Mas o que posso fazer? Eu disse que na a curva 1 não seria fácil. E não acho que eu fui muito agressivo ou algo parecido, coloquei meu carro na posição perfeita”.

"Estou ansioso para ver o replay, mas deixei muito espaço para o carro de trás. Então, você sabe, ainda me recuperei, é tudo o que vou dizer”.

"Ganhar o campeonato de construtores já foi uma grande façanha e me ajudou a alcançar essa conquista incrível, estou muito agradecido".

Hamilton admitiu que a natureza do circuito tornou mais difícil para ele tentar se recuperar depois de ter perdido muitas posições.

"Eu não tinha ideia do que ia acontecer com o campeonato, para ser sincero, estava apenas pensando em me aprofundar e me envolver na corrida", acrescentou.

"E esta é uma pista muito difícil, se não a pior pista para seguir. Então, tentar passar as pessoas foi um desastre. Mas sim, para ser sincero, os sentimentos estão muito misturados agora".

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP do México
Pista Autodromo Hermanos Rodriguez
Pilotos Lewis Hamilton
Equipes Mercedes
Tipo de artigo Últimas notícias