Toro Rosso não tem pressa para escolher substituto de Ricciardo

Chefe da equipe, Franz Tost, indica preferência por promover piloto do programa de desenvolvimento da Red Bull

O chefe da Toro Rosso, Franz Tost, disse que a equipe não tem pressa para definir o substituto de Daniel Ricciardo, anunciado na segunda-feira como novo companheiro de Sebastian Vettel na Red Bull.

Tost já indicou que Jean-Eric Vergne deve permanecer para uma terceira temporada na equipe, enquanto seu companheiro deve vir do programa de desenvolvimento de pilotos da Red Bull. “Vamos olhar nossas opções e tomar uma decisão tardia, então não há motivos para ter pressa”, disse Tost.

“Quando Dietrich Mateschitz comprou a equipe que se tornou a Toro Rosso, seu objetivo era fazer dele o último passo de treinamento para nossos jovens pilotos, mesmo com a meta eventual de levá-los a nossa equipe principal”, lembrou Tost. “A ida de Daniel justifica o trabalho do Programa de Desenvolvimento de Jovens Pilotos da Red Bull e também prova que demos uma boa educação para ele.”

Entre os pilotos que estão na ‘fila’ para uma vaga na Toro Rosso se destaca o português Antonio Felix da Costa, atualmente na World Series e que participou do teste realizado em Silverstone em julho, assim como Carlos Sainz Jr e Daniil Kvyat, ambos da GP3.

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Pilotos Daniel Ricciardo
Tipo de artigo Últimas notícias