TotalRace abre aspas para a turma do fundão de Abu Dhabi

Catadão foi marcado por muitas reclamações por falta de aderência. Com vocês: Toro Rosso, Caterham, Marussia e HRT

A falta de aderência e a dificuldade de acerto entoaram em uníssono entre as equipes nanicas da Fórmula 1. A maioria reclamou do acerto, diferentemente de Charles Pic, que não só bateu uma das Caterham, como venceu a batalha interna contra o experiente companheiro de equipe Timo Glock.

Veja o que cada uma dos pilotos das equipe da Toro Rosso, Caterham, Marussia e HRT disseram:

Daniel Ricciardo, Toro Rosso, 16º: Está sendo, de longe, um fim de semana mais difícil do que nós esperávamos. Fizemos uma avanço desde ontem, o que é positivo, mas não o suficiente para nos levar mais à frente. Não estamos onde queremos, por isso a estratégia será a chave para ter uma boa corrida amanhã. Assim como na Índia, uma parada poderá ser possível para ambos os carros.

Jean-Eric Vergne, Toro Rosso, 17º: Foi um pouco frustrante não ir ao Q2 hoje. Estávamos lutando todo o fim de semana com falta de aderência na traseira. Só tivemos uma volta para saber como o acerto estava para esta tarde, mas cometi um erro. Isso não significa que eu lutarei com o carro toda a prova amanhã. Ainda podemos mexer nos flaps e na pressão dos pneus, o que pode melhorar a situação. Mas será duro amanhã

Heikki Kovalainen, Caterham, 18º: Fiquei bem feliz com minha volta final, mas vi que ainda tinha mais rendimento a tirar do carro. Nosso carro se dá melhor com as temperaturas mais baixas, por isso espero fazer uma boa largada e ver o quanto consigo pressionar os carros da frente

Charles Pic, Marussia, 19º: Estou bem feliz com minha classificação hoje. Tive um bom carro e o acerto está quase perfeito. Perdi um pouco de tempo no meu segundo setor, e foi lá que Kovalainen conseguiu ficar na minha frente. Espero continuar fazendo os progressos que conseguimos na Índia para melhorar nosso ritmo. O objetivo, novamente, é se manter próximo da Caterham.

Vitaly Petrov, HRT, 20º: Honestamente, estou um pouco desapontado com meu classificatório hoje, pois o carro é um pouco mais rápido do que ele foi. Estava andando bem na minha última volta com os macios, mas peguei tráfego na curva 17, o que me custou tempo. O carro se comporta melhor quando a temperatura baixa, por isso acho que será bom amanhã.

Timo Glock, Marussia, 21º: Não foi um dia ruim no geral, mas o final foi decepcionante. Esta manhã, no início da FP3, lutamos um pouco, mas no final conseguimos um bom setup. Mas no fim o carro ficou sem aderência, por isso é um pouco decepcionante. Vamos analisar o que acontece esta noite para ver o que podemos fazer amanhã.

Pedro de la Rosa, HRT, 22º: Estava confortável no carro e tenho certeza de que poderia ter melhorado em dois décimos, mas certamente era o caso dos demais. Estou feliz por não ter tido problemas com os freios ou com o motor em um circuito em que eles costumam ficar muito quentes.

Narain Karthikeyan, HRT, 23º: Foi minha primeira vez em Abu Dhabi, um circuito muito técnico, então achei mais difícil do que esperava. Não consegui fazer uma boa volta, sofri com o tráfego e meus pneus traseiros se desgastaram antes que eu pudesse melhorar meu tempo.

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento Abu Dhabi GP
Pilotos Pedro de la Rosa , Narain Karthikeyan , Heikki Kovalainen , Timo Glock , Vitaly Petrov , Daniel Ricciardo , Charles Pic
Tipo de artigo Últimas notícias