Toto Wolff celebra boa química entre peças-chave na Mercedes

No começo do ano, excesso de 'caciques' era preocupação, mas evolução do time é prova do contrário

Com várias caras novas, de Lewis Hamilton a Niki Lauda, passando por Toto Wolff e o recém-chegado Paddy Lowe, fica difícil encontrar o principal responsável pelo crescimento da Mercedes nesta temporada. Para Wolff, o segredo tem sido a química entre todas as partes.

“Estou há seis meses nesta função, que me deu boas experiências, estou muito feliz em trabalhar com a equipe e espero ficar por aqui por mais alguns anos”, afirmou o austríaco. “Esta é uma equipe, então o papel de um indivíduo específico não é tão importante. Temos de trabalhar bem juntos e é isso que está acontecido.”

Perguntado se uma boa adaptação com os novos pneus Pirelli, que estrearam na Hungria, faria a equipe focar mais o carro deste ano para tentar ganhar o campeonato, Wolff negou.

“Acho que não faz diferença. Você tem de dividir os recursos entre o que é usado para este ano, para não perder muito terreno, e para o ano que vem. Gradualmente, estamos aumentando o uso de recursos para o carro da próxima temporada.”

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias