Toto Wolff elogia Ferrari e Williams, mas pede cautela: “É melhor esperar até a corrida”

Para diretor-executivo da Mercedes, só será possível conhecer o potencial real das equipes no GP da Austrália

A atual campeã da Fórmula 1 passou a maior parte da pré-temporada longe do topo da tabela de tempos, mas chamou a atenção no paddock pela boa quilometragem e, ocasionalmente, pelas voltas muito rápidas sem a utilização de pneus supermacios.

[publicidade]Apontada como favorita para conquistar o GP da Austrália, na próxima semana, a Mercedes vê outras equipes com potencial no início de temporada, casos de Ferrari e Williams. Segundo Toto Wolff, diretor-executivo da equipe de Lewis Hamilton e Nico Rosberg, o momento é de cautela.

"A Ferrari e a Williams foram bem nos treinos. É melhor esperar até que a corrida realmente comece", afirmou.

O tom reticente adotado por Wolff tem explicação. Ele diz não saber com que cargas de combustível os pilotos rivais estavam correndo, o que impede análises mais extensas.

Mesmo com o número impressionante de voltas de Hamilton e Rosberg em Jerez de la Frontera e Barcelona, o diretor-executivo da Mercedes pondera que a "confiabilidade ainda é um problema".
Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias