Tradição não manterá GP em Silverstone, diz ex-presidente

compartilhar
comentários
Tradição não manterá GP em Silverstone, diz ex-presidente
9 de jan de 2018 10:10

Derek Warwick avisa que apesar de Grã-Bretanha ser “casa do esporte a motor” possibilidade de não haver Fórmula 1 após 2019 é real

Ex-presidente do British Racing Drivers Club (BRDC), administrador do circuito de Silverstone, Derek Warwick diz que o fato de a Grã-Bretanha ser o berço do esporte a motor não irá garantir a permanência da Fórmula 1 no país.

No último ano, o BRDC exerceu uma cláusula para terminar seu contrato com a F1 após 2019 devido a dificuldades financeiras.

"O GP é muito caro, estamos perdendo dinheiro e é por isso que utilizamos a cláusula de interrupção", explicou o ex-piloto britânico.

"A Grã-Bretanha é o lar do automobilismo. Isso significa que sempre haverá um GP de Fórmula 1 na Inglaterra? Absolutamente não.”

"É claro que queremos que o GP da Grã-Bretanha fique em Silverstone, mas queremos que ele seja acessível. Para que possamos ganhar dinheiro suficiente para reinvestir no circuito.”

"Não podemos fazer isso sob o presente acordo."

Boatos dão conta de que a Liberty Media quer fazer uma corrida de F1 nas ruas de Londres, em uma tentativa de levar o mundial a grandes cidades.

Londres foi anfitriã do evento ‘F1 Live’ em julho do ano passado, antes do GP da Inglaterra, e o prefeito da cidade, Sadiq Khan, confirmou que "gostaria de ouvir" os planos dos chefes do mundial.

Próxima Fórmula 1 matéria
Webber alerta Alonso: “Conciliar F1 e Le Mans seria um erro”

Previous article

Webber alerta Alonso: “Conciliar F1 e Le Mans seria um erro”

Next article

McLaren prevê “maior mudança” no visual entre as equipes

McLaren prevê “maior mudança” no visual entre as equipes
Load comments

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Tipo de matéria Últimas notícias