Tráfego e falhas de acerto marcam treino do fundo do pelotão

compartilhar
comentários
Tráfego e falhas de acerto marcam treino do fundo do pelotão
Por: Julianne Cerasoli
27 de out de 2012 10:59

Destaque das últimas equipes do grid foi Daniel Ricciardo, que conseguiu colocar a Toro Rosso em 15º lugar no grid

Tráfego e problemas de acerto marcaram a classificação na parte de trás do pelotão, com destaque para Daniel Ricciardo, que conseguiu colocar a Toro Rosso em 15º e para a mínima diferença entre os pilotos da HRT: Pedro de la Rosa superou Narain Karthikeyan por apenas um milésimo.

Daniel Ricciardo, Toro Rosso, 15º: “Foi uma sessão muito boa para mim. Esperava chegar um pouco mais perto no Q3, mas olhando nosso ritmo hoje de manhã, demos um passo adiante na classificação. Estamos bem para amanhã porque meus tempos com macios usados foram bons.”

Jean-Eric Vergne, Toro Rosso, 18º: “Ontem, eu e Daniel experimentamos acertos diferentes e o meu não estava funcionando bem, então mudamos o carro e comecei do zero de novo hoje de manhã. Acabou sendo muito complicado encontrar o equilíbrio correto. Pontuamos tendo largado mais para trás, então por que não pontuar amanhã?”

Vitaly Petrov, Caterham, 19º: “Estou feliz com nossa posição. Tive um equilíbrio com o qual fiquei feliz em todas as sessões. Estamos trabalhando para amanhã, mas qualquer coisa pode acontecer, porque ninguém tem muita certeza sobre a estratégia, pode ser uma ou duas paradas.”

Heikki Kovalainen, Caterham, 20º: “O equilíbrio está melhor do que na Coreia. Tinha mais para tirar do carro, mas peguei tráfego e acabei perdendo a aderência, o suficiente para me tirar da pista. Não estava forçando muito, mas perdi a frente e rodei.”

Pedro de la Rosa, HRT, 21º: “Mesmo que não tenhamos feito a volta que esperávamos, fizemos uma boa classificação. Fiz boas voltas na primeira tentativa, mas na segunda, quando havia mais borracha na pista e os tempos poderiam melhorar, peguei muito tráfego.”

Timo Glock, Marussia, 21º: “Foi tudo bem no treino livre, mas na classificação voltamos a ter um problema de equilíbrio geral e não conseguia colocar temperatura no pneu dianteiro. No geral, estou feliz que tenhamos conseguido diminuir a diferença para a Caterham. Dado que não temos Kers, é algo muito bom para a equipe.”

Narain Karthikeyan, HRT, 22º: “Cometi um erro na curva 10 que me custou alguns décimos, mas a grande quantidade de carros na pista foi o principal problema, pois não conseguimos encontrar o espaço necessário. Mesmo assim, estou feliz por ter superado uma Marussia e ter feito um tempo quase idêntico ao Pedro.”

Charles Pic, Marussia, 24º: “naturalmente, estou um pouco desapontado com a classificação porque ela não refletiu nosso ritmo verdadeiro. Precisamos analisar para entender por que fomos menos competitivos com os pneus macios. Será difícil largar atrás das HRT, mas meu objetivo é me livrar deles o mais rápido possível.”

Próxima Fórmula 1 matéria
Carro piora e Raikkonen e Grosjean saem decepcionados

Previous article

Carro piora e Raikkonen e Grosjean saem decepcionados

Next article

No pelotão intermediário, Mercedes aposta na estratégia

No pelotão intermediário, Mercedes aposta na estratégia
Load comments