Tranquilo, Kimi Raikkonen aguarda primeiro teste para avaliar potencial do E20

Finlandês aposta numa readaptação sem dramas à Fórmula 1 e destaca importância de teste com carro antigo em Janeiro

Kimi Raikkonen volta à Fórmula 1 após duas temporadas de ausência

De volta à Fórmula 1 após dois anos de ausência, Kimi Raikkonen manteve o perfil tranqüilo ao comentar suas primeiras impressões sobre o E20, sendo bastante cauteloso.

“É sempre bom ver um carro novo pela primeira vez. As pessoas da equipe colocaram muito esforço nesse modelo e esperamos que ele faça valer isso na pista. A gente pode olhar o número e as cores e achar ele legal, mas o que vale é se ele é rápido e veremos isso nos testes e nas corridas”, afirmou o finlandês, que poderá pilotar o modelo a partir de terça-feira nos testes coletivos de Jerez de la Frontera.

Para ele, este primeiro contato será o suficiente para avaliar melhor suas chances no Mundial de 2012. “Vai ser interessante ver como vamos nos sair e como sentirei o carro no primeiro teste, quando já dá para ter uma boa ideia de como será o ano. Estou confiante que podemos ter uma boa temporada. Algumas coisas mudaram na Fórmula 1, mas não a ponto de fazer dela um esporte diferente”, afirmou.

Sobre o retorno à categoria, Raikkonen voltou a afirmar que não espera nenhum drama no processo de readaptção. “Não estou nervoso. Vai ser um pouco diferente do que era antes, em uma equipe nova e com um regulamento um pouco diferente. Mas cada caso é um caso, há quem tenha mais dificuldades de se adaptar às novidades. Vai depender muito do carro, se ele for bom a readaptação será muito mais fácil. Fiquei muito feliz com o teste que fizemos com o R30 há algumas semanas. Foi tudo normal”.

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Pilotos Kimi Raikkonen
Tipo de artigo Últimas notícias