Treino maluco tem Maldonado e Alonso no top 3; Hamilton é pole

O piloto da McLaren colocou mais de meio segundo na concorrência, mas dia foi marcado pelas surpresas: Button e Webber ficaram no Q2

Hamilton fez a primeira pole da carreira na espanha

Em um treino marcado pelas surpresas, Lewis Hamilton arrasou a concorrência e foi mais de meio segundo mais rápido o segundo colocado, Pastor Maldonado. É a primeira vez desde o GP do Brasil de 2010 que a Williams larga na primeira fila. O venezuelano ficou 17 milésimos à frente de outra zebra, Fernando Alonso, que levou a Ferrari à terceira posição em casa.

Jenson Button e Mark Webber foram eliminados ainda no Q2, e o atual líder do campeonato, Sebastian Vettel, larga apenas em oitavo. Os brasileiros não foram bem. Bruno Senna rodou na última tentativa do Q1 e larga em 18º e Felipe Massa, 580 milésimos mais lento que o companheiro Alonso, não passou da 17ª colocação.

Q1

Preocupados em economizar pneus, os pilotos demoraram para ir à pista no Q1. Os primeiros demoraram cerca de cinco segundos para dar início aos trabalhos. Com todos usando pneus duros, Paul Di Resta teve dificuldades para segurar sua Force India em duas oportunidades, enquanto a dupla da Red Bull e Maldonado adotou uma estratégia diferente: só foram à pista com menos de 8 minutos para o final da sessão, e de pneus macios, sinalizando que preferem guardar os duros para a corrida.

A estratégia acabou dando certo, pois todos voltaram à pista para se garantir com uma segunda tentativa, já que a diferença entre os compostos é grande.
Quem sobrou junto das nanicas foi Bruno Senna. O brasileiro cometeu um erro em sua primeira tentativa com o pneu macio e, já com o cronômetro zerado, vinha milésimos acima do que precisava para passar ao Q2, rodou e atolou na caixa de brita.

Q2

Logo no início do Q2, a pista ficou engarrafada com todos os pilotos, menos as duplas de Lotus e Toro Rosso, na pista. Raikkonen e Grosjean optaram por fazer apenas uma tentativa, buscando poupar pneus, estratégia que deu ao finlandês o pódio no Bahrein. Mesmo com voltas pouco limpas, os dois se colocaram entre os três primeiros. Só não superaram Lewis Hamilton, que até deu uma breve saída do carro durante a sessão e não voltou à pista para uma segunda tentativa.

Após um erro em sua última tentativa, Jenson Button, que havia reclamado da instabilidade na traseira na frenagem, fritou seu pneu e ficou apenas em 11º, uma posição à frente de Mark Webber. A dupla da Toro Rosso e Di Resta também ficaram na segunda parte do treino, a exemplo de Felipe Massa, que larga apenas em 17º.

Mais surpresas na frente: Pastor Maldonado foi o mais rápido da segunda parte da sessão. Kamui Kobayashi se classificou para a última parte, mas encostou seu carro na volta de retorno aos boxes e larga em 10º.

Q3

Com quatro minutos para o final do Q3, apenas Hamilton, Vettel e Rosberg haviam ido à pista, pois a maioria havia usado dois dos três jogos de pneus macios. As emoções ficaram guardadas para os instantes finais, quando Fernando Alonso chegou a fazer a pole provisória, e foi batido surpreendentemente por Pastor Maldonado, que largará ao lado de Lewis Hamilton, que arrasou a concorrência e foi mais de meio segundo mais rápido.

A dupla da Lotus vem logo atrás, com Grosjean à frente de Raikkonen. Sergio Perez em sexto, Rosberg em sétimo, Vettel, que abortou a última volta, em oitavo. Schumacher, que não completou volta, e Kobayashi fecharam o top 10. 

Tempos do treino classificatório para o GP da Espanha:
1º Lewis Hamilton (ING/McLaren-Mercedes) 1min21s707
2º Pastor Maldonado (VEN/Williams-Renault) 1min22s285
3º Fernando Alonso (ESP/Ferrari)1min22s302
4º Romain Grosjean (FRA/Lotus-Renault) 1min22s424
5º Kimi Raikkonen (FIN/Lotus-Renault) 1min22s487
6º Sergio Perez (MEX/Sauber-Ferrari) 1min22s533
7º Nico Rosberg (ALE/Mercedes) 1min23s005
8º Sebastian Vettel (ALE/Red Bull-Renault) Sem tempo
9º Michael Schumacher (ALE/Mercedes) Sem tempo
10º Kamui Kobayashi (JAP/Sauber-Ferrari) Sem tempo

Q2 tempo de corte: 1min22s904s
11º Jenson Button (ING/McLaren-Mercedes) 1min22s944, a 0s839
12º Mark Webber (AUS/Red Bull-Renault) 1min22s977, a 0s872
13º Paul di Resta (ING/Force India-Mercedes) 1min23s125, a 1s020
14º Nico Hulkenberg (ALE/Force India-Mercedes) 1min23s177, a 1s072
15º Jean-Eric Vergne (FRA/Toro Rosso-Ferrari) 1min23s265, a 1s160
16º Daniel Ricciardo (AUS/Toro Rosso-Ferrari) 1min23s442, a 1s337
17º Felipe Massa (BRA/Ferrari) 1min23s444, a 1s339

Q1 tempo de corte: 1min24s362                                  
18º Bruno Senna (BRA/Williams-Renault) 1min24s981, a 2s398
19º Vitaly Petrov (RUS/Caterham-Renault) 1min25s277, a 2s694
20º Heikki Kovalainen (FIN/Caterham-Renault) 1min25s507, a 2s924
21º Charles Pic (FRA/Marussia-Cosworth) 1min26s582, a 3s999
22º Timo Glock (ALE/Marussia-Cosworth) 1min27s032, a 4s449
23º Pedro de la Rosa (ESP/HRT-Cosworth) 1min27s555, a 4s972
24º Narain Karthikeyan (IND/HRT-Cosworth) 1min31s122, a 8s539

Tempo dos 107%: 1min28s363

 

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP da Espanha
Tipo de artigo Últimas notícias