"Tudo o que tinha de dar errado, deu", lamenta Domenicali

compartilhar
comentários
Por: Bruno Vicaria
13 de jun de 2011 11:43

Chefe da Ferrari afirma que batida de Button em Alonso e problema de Karthikeyan com Massa definiram corrida que podia ser do time

Alonso e Massa à frente de Button em Montreal

Stefano Domenicali não conteve a frustração ao falar do que aconteceu no GP do Canadá de F-1. O dirigente italiano afirmou que terminar a prova apenas com a sexta posição de Felipe Massa foi "duro de engolir".

O dirigente italiano foi bastante crítico com o vencedor Jenson Button, da McLaren, que tirou Fernando Alonso da corrida, e também com Narain Karthikeyan, da Hispania, que teria provocado a rodada de Massa quando o brasileiro era o terceiro.
 
"Só podemos lamentar este GP caótico. Hoje, tínhamos potencial para lutar pela vitória, mas tudo o que podia dar errado, deu. No fim, a sexta posição de Felipe foi dura de engolir, ainda mais do jeito que a corrida terminou."
 
"Dois incidentes em particular - a colisão entre Fernando e Button e a tentativa de ultrapassagem em Karthikeyan, que tirou Felipe da pista - deixam um gosto ruim na boca", analisa Domenicali, dizendo que a coisa boa foi ver o ritmo da Ferrari similar aos de Red Bull e McLaren.
 
"Agora, vamos deixar o domingo para trás, retendo o fato de que nossa performance estava em nível de igualdade para a situação, como há duas semanas, em Mônaco. Precisamos fazer o mesmo em Valência e melhorar para as outras corridas."
 
"Penso, acima de tudo, em Silverstone, onde a eficiência aerodinâmica contará mais e talvez a nova interpretação do regulamento sobre os escapamentos podem mudar a ordem do grid", completa.
 
Próxima Fórmula 1 matéria
Nico Rosberg explica porque caiu de sétimo para 11º no final da prova

Previous article

Nico Rosberg explica porque caiu de sétimo para 11º no final da prova

Next article

Visita de Hamilton à Red Bull alimenta rumores de saída da McLaren

Visita de Hamilton à Red Bull alimenta rumores de saída da McLaren
Load comments