"Tudo pode acontecer amanhã", diz Felipe Massa, sétimo

Brasileiro se mostrou insatisfeito com o resultado, uma vez que teve de gastar pneus que não podia para passar ao Q3

Felipe Massa

Dos três pilotos brasileiros no grid, Felipe Massa era o único que não estava sorrindo ao fim da classificação deste sábado em Interlagos.

O piloto da Ferrari se classificou em sétimo lugar para sua 100ª corrida pela Ferrari, quase meio segundo atrás do parceiro Fernando Alonso, o quinto, tendo ainda perdido a sexta posição para a Mercedes de Nico Rosberg.
 
"Foi uma classificação difícil, um pouco. Andei mais no Q2 para conseguir me classificar e perdi um jogo de pneus para o Q3, o que me prejudicou. Caso contrário, conseguiria sair uma ou duas posições à frente", comenta.
 
Apesar do resultado considerado insatisfatório, o vice-campeão de 2008 acredita que a chuva pode ter um papel interessante no domingo, o que aumentaria suas chances de pódio.
 
"A corrida pode ser completamente diferente da classificação e temos chance de subir ao pódio. Vou dar meu máximo amanhã, pois vimos em corridas assim a McLaren forte e a Red Bull andando bem. Mas, como disse, tudo pode acontecer", completou.
Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP do Brasil
Pilotos Felipe Massa
Tipo de artigo Últimas notícias