Último campeão australiano, Jones elogia pilotagem de Ricciardo em 2014

Campeão de 1980, diz que Daniel é “assassino com cara de bebê” e que estaria lutando pelo título se tivesse Mercedes

Com cinco pódios em 11 corridas, duas vitórias e o terceiro lugar no campeonato de pilotos, Daniel Ricciardo chega às férias de verão. Para o último campeão vindo da Austrália, Alan Jones, o piloto da Red Bull tem o que é preciso para seguir seus passos na Fórmula 1. O problema é a falta de performance do carro.

"Eu acho que a condução de Daniel foi exemplar", disse Jones em entrevista à Reuters. "Ele fez um trabalho realmente ótimo em cuidar de seus pneus, exibido muita maturidade e acho que ele verdadeiramente se cimentou na equipe agora."

"Ele é um lutador, não há dúvida sobre isso", acrescentou o ex-piloto de 67 anos.

"Ele não é um candidato este ano obviamente, porque Mercedes é muito melhor que todos. Dê um bom carro a ele no próximo ano. Se você colocasse um motor Mercedes nessa Red Bull, ele seria um candidato, ou então levá-lo a Mercedes, porque ele provou que pode se classificar de forma consistente entre os quatro primeiros. Ele pode correr lá em cima com o melhor deles.”

"Eu o chamo de um assassino com cara de bebê. Ele é muito amigável, ele é um garoto fantástico e está sempre sorrindo, mas crescem chifres nele quando conta, quando ele senta no carro dele."
Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias