Último funcionário da Williams retorna à Grã-Bretanha

Mecânico sofreu algumas queimaduras e continuará em observação médica na Inglaterra. Seu quadro é bom e não inspira preocupações

Correria tomou conta do paddock na hora do incêndio

Todos os membros do time da Williams estão de volta a Grove ou a suas respectivas casas. O incêndio que aconteceu 1h30 depois da vitória de Pastor Maldonado no GP da Espanha deixou alguns funcionários em observação nos hospitais locais.

Na segunda-feira à noite foi confirmado que todos os funcionários haviam tido alta, salvo um mecânico que ficaria mais 48h de sobreaviso. Mas este já se encontra na Inglaterra.

"Vários funcionários compareceram ao centro médico do circuito, principalmente por causa de inalação de fumaça ", disse Mark Gillan, Engenheiro de Operações da Williams. "Um membro da equipe estava no hospital depois de sofrer queimaduras, mas está em condição estável e de bom humor, e já voltou para a Inglaterra hoje, mas ainda precisa de mais cuidados médicos", revelou.

As causas do incidente ainda estão sendo estudadas pela equipe, mas já sabe que tudo começou com uma explosão no compartimento dos reservatórios de combustível.

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP da Espanha
Tipo de artigo Últimas notícias