Uma lenda de verdade, diz Ron Dennis sobre ex-chefe Jack Brabham

Tricampeão na pista nos 1950 e 60 e comandante da própria equipe, australiano morreu aos 88 anos

Mesmo que o tricampeão da Fórmula 1 Jack Brabham, morto aos 88 anos na manhã de segunda-feira na Austrália, tenha se aposentado em 1970, o atual circo da categoria ainda tem remanescentes daquela época. Um dos mais ilustre é Ron Dennis, que trabalhou com o australiano na equipe que levava seu nome quando era um simples mecânico.

O hoje CEO da McLaren prestou suas homenagens ao ex-piloto, que era o campeão do mundo mais velho ainda vivo.

“Quando comecei na Fórmula 1 no final dos anos 60, primeiro trabalhei com a Cooper e depois na Brabham. Mesmo jovem, eu reconhecia a grandeza quando a via, e sempre terei muito orgulho de ter tido o privilégio de trabalhar com Sir Jack. Aprendi muito com ele”, revelou Dennis.

“A palavra ‘lenda’ é normalmente usada para descrever esportistas de sucesso, mas isso geralmente exagera seu status. No caso do Sir Jack Brabham, contudo, é inteiramente justificável. Tricampeão do mundo, ele continua sendo o único a conquistar um título pilotando um carro com seu próprio nome – um feito único que nunca será replicado.”
 
Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias