Uso de propulsores elétricos no pit lane é postergado para 2017

FIA volta atrás na promessa de mudar drasticamente o regulamento aerodinâmico em 2014 para frear aumento de custos

Programados para estrear na Fórmula 1 em 2014, os motores elétricos que seriam usados dentro do pit lane foi postergada para a temporada de 2017, após decisão do Conselho Mundial de Automobilismo em reunião hoje em Istambul, Turquia.

O conselho também voltou atrás nas mudanças no regulamento aerodinâmico, também previstas para 2014, que visavam diminuir a geração de carga aerodinâmica, com a justificativa de que isso aumentaria demais os gastos. Assim, as especificações aerodinâmicas serão as mesmas de 2012.

As alterações nos motores, que passarão a ser turbo V6, foram mantidas. Com a adição do novo motor, o peso de limite mínimo será aumentado para compensar o peso extra.

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias