Vaga de Palmer na Lotus pode ter custado 5 mi de libras

Segundo revista inglesa Autosport, piloto teria garantido ao orçamento do time grande quantia em dinheiro por vaga

Jolyon Palmer foi anunciado nesta sexta-feira (23) como piloto da equipe Lotus. O campeão da GP2 de 2014, no entanto, ainda vê com certa apreensão o futuro do time, que muitos apontam como a futura equipe da Renault na F1.

"Eu realmente não sei o que se passa nas mentes dos patrões da Renault, ou os acionistas daqui. Não sei se eles têm algo em mente se o negócio não acontecer”, disse.

“Só sei que tinha fé de que algo estava para acontecer. A equipe é muito boa para não fazer nada no ano que vem. Tenho certeza que tudo vai dar certo em algum ponto.”

Segundo a revista inglesa Autosport, Palmer vem como cortesia de uma cláusula em seu contrato de piloto reserva. Ela lhe garantia um lugar no time se pudesse pagar uma certa quantia em dinheiro, o que para a revista é algo em torno de 4 e 5 milhões de libras.

O britânico sempre teve confiança em si. "A equipe me conhece e sabe tudo o que posso fazer no carro. Eles me deram bastante tempo de pista, e têm 100% de confiança em mim.”

"Não há incógnitas reais em mim. Eu trabalho com a equipe em todos os GPs, então conheço a estrutura.”

O piloto admite que a saída do francês Romain Grosjean foi surpreendente. “Não pensei nisso”, disse ele.

"Com a Renault chegando, pensei que estivessem ligados. Mas aconteceu e abriu a porta para mim."

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Pilotos Jolyon Palmer
Equipes Lotus F1
Tipo de artigo Últimas notícias