"Valtteri não é mais rápido do que eu", avisa Maldonado

Segundo o venezuelano, condições da pista favoreceram o finlandês, que conseguiu o 3º lugar no grid no Canadá

Embora a Williams não tenha conseguido nenhum ponto ainda em 2013, o time teve pelo menos um momento de brilho no último GP, com o terceiro lugar no grid conquistado por Valtteri Bottas. O resultado confirmou o melhor momento do finlandês em relação ao seu companheiro Pastor Maldonado, que, em visita à fábrica da Renault em Sevilha, tratou de minimizar o feito e ressaltar a própria importância no time.

“No GP do Canadá as condições beneficiaram o Valtteri, mas isto não quer dizer que ele é mais rápido e eu sou mais lento. Nosso carro é bastante complicado e eu não preciso provar nada para ninguém”, disse o vencedor do GP da Espanha do ano passado ao Globoesporte.

“A equipe confia muito em mim e, de fato, eu sou o responsável por testar toda a parte técnica do carro, por ter mais conhecimento e experiência com a equipe”, completou o venezuelano.

O piloto aproveitou para afastar rumores de que poderia ir para a Lotus em 2014, caso Kimi Raikkonen venha a substituir Mark Webber na Red Bull. “Não é hora de planejar 2014 e espero continuar na Williams por mais alguns anos. Foi a equipe que meu oportunidade para estar na F1 e foi com eles que consegui minha única vitória. Acredito que temos potencial para vencer com este time”, desconversou.

  

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Pilotos Pastor Maldonado , Valtteri Bottas
Tipo de artigo Últimas notícias