"Vamos ganhar o mundial por corridas como esta", diz Alonso

Espanhol se diz lutando com "pequena espada" contra um "poderoso exército" e crê que, se vencer, se lembrará da Índia

Fernando Alonso perdeu mais sete pontos em relação a Sebastian Vettel na disputa pelo tricampeonato após o segundo lugar no GP da Índia. Mas, ouvindo o espanhol ao final da prova, parecia que acontecera justamente o contrário.

O piloto da Ferrari segue confiante de que será campeão ao final do ano e acredita que são corridas como a do último domingo, quando se recuperou do quinto lugar no grid para chegar ao décimo pódio na temporada, mais do que qualquer outro piloto, que farão a diferença. “Sempre fazemos a melhor corrida possível e se decidirá ao final do ano se o prêmio foi justo”, afirmou Alonso, ouvido pelo TotalRace. “Sigo pensando que seremos campeões e nos lembraremos deste tipo de corrida. Não vamos ganhar o mundial porque ele vai abandonar, ter uma penalização ou sofrer um furo – porque, se isso acontece, as pessoas vão dizer que foi por isso. Seremos campeões do mundo por corridas como esta”.

Alonso recorreu à metáfora de uma guerra para explicar sua situação atual e disse que luta contra um exército munido de uma “pequena espada”. “A coisa estava muito difícil, principalmente no início, quando as McLaren estavam lutando entre elas e se esqueceram que eu estava no meio. Depois, com a ultrapassagem de Button e a perseguição a Webber, que consegui superar devido a seu problema com o Kers. É como disse após a classificação: lutamos contra um potência, uma equipe muito forte. Lutamos com uma espada pequena diante de um grande exército”.

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP da Índia
Pilotos Fernando Alonso
Tipo de artigo Últimas notícias