Vandoorne: Ninguém me notou nas minhas melhores corridas

compartilhar
comentários
Vandoorne: Ninguém me notou nas minhas melhores corridas
Adam Cooper
Por: Adam Cooper
Co-autor: Lucy Morson
6 de dez de 2018 18:14

Belga lamenta por carro ruim da McLaren ter acabado com suas chances de impressionar na F1 em 2018

Stoffel Vandoorne se juntou à McLaren no início de 2017 como substituto de Jenson Button, após uma impressionante carreira nas categorias de base, na qual ele dominou o campeonato da GP2 de 2015 e terminou em quarto lugar na Super Fórmula em 2016.

Desde que se juntou ao grid da F1, em meio a problemas para a McLaren, Vandoorne teve problemas para causar um impacto semelhante e será substituído em 2019 pelo novato Lando Norris.

Vandoorne foi superado pelo companheiro de equipe Fernando Alonso em todas as classificações em 2018 e terminou o ano como 16º no campeonato, mas insiste que algumas de suas boas performances foram escondidas pela má performance da McLaren.

"Nunca é fácil quando você não está no carro certo", disse Vandoorne. "Eu acho que fiz algumas corridas muito fortes nesta temporada e ninguém realmente notou”.

"Mas se nesse momento você se encontrar em um dos carros mais fortes, de repente você está lutando pela vitória, ou você está lutando por um segundo ou terceiro. Isso muda muito a perspectiva das pessoas, o que é uma pena de certa forma.”

"Eu acho que sempre foi assim. Nesse sentido, é uma pena estar nessa posição, mas não há nada mais que eu poderia ter feito."

"Tudo provavelmente estava certo até que eu corri nesta equipe, e então nós provavelmente tivemos nossas duas piores temporadas na história da McLaren", disse Vandoorne.

"A esse respeito, não tem sido ideal. Mas isso é, infelizmente, algo que eu não posso mudar. Eu não estou aqui para lamentar sobre isso ou reclamar sobre isso, estou apenas olhando para frente."

Vandoorne conseguiu como melhor resultado um sétimo lugar em seus dois anos na McLaren, ambos na última temporada em Singapura e na Malásia, respectivamente. Ele disse estar contente com o que conseguiu antes de sua saída para a Fórmula E com a equipe da HWA, ligada à Mercedes.

"Há sempre alguns pontos altos", disse ele. "Neste ano, o Bahrein foi provavelmente uma das minhas corridas de destaque, onde estivemos em último na curva 1 e tivemos uma boa recuperação até os pontos”.

"Acho que o México foi muito bom e, na verdade, acho que o Brasil também foi uma das minhas melhores corridas. Às vezes você não é recompensado com pontos.”

"O destaque foi provavelmente o início da temporada. Viemos para Melbourne muito despreparados.”

"Tudo estava ótimo para a parte seguinte da temporada, mas infelizmente não foi como queríamos. No entanto, estou feliz com o que fizemos."

Next article
Hartley espera “contar a história” completa de saída da STR

Previous article

Hartley espera “contar a história” completa de saída da STR

Next article

Hulkenberg diz que pode precisar melhorar para vencer Ricciardo

Hulkenberg diz que pode precisar melhorar para vencer Ricciardo
Load comments

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Pilotos Stoffel Vandoorne
Equipes McLaren Shop Now
Autor Adam Cooper