Veganismo “hipócrita” de Hamilton irrita fazendeiros

99,676 visualizações

Britânicos criticam nova postura do tricampeão mundial de se tornar vegano e militar a favor da causa pelas redes sociais

Lewis Hamilton provocou espanto de algumas pessoas na última semana quando anunciou que se tornaria vegano, eliminando assim todos os alimentos de origem animal de sua dieta. Ao lado da prática, ele passou a publicar artigos que davam conta do quão prejudicial é para a Terra o consumo de carne e a poluição proporcionada pelas vacas.

Sua postura incomodou alguns fazendeiros do Reino Unido, que pelas mídias sociais mostraram sua irritação.

Abi Reader, fazendeira galesa e ativista a favor do consumo de carnes, advertiu que as pessoas precisavam ter certeza dos fatos postados por Hamilton.

"Esses comentários populistas que estão circulando em todo o mundo, que carne, leite e ovos estão arruinando o planeta, são completamente irracionais. Muitos veganos são forçados a complementar suas dietas porque não conseguem obter os nutrientes certos.”

"Como os agricultores que vendem nossos produtos, precisamos estar mais conscientes de mudar os gostos e tendências dos consumidores e estarmos preparados para tranquiliza-los."

Um dos maiores fazendeiros da cidade de Kendal, Inglaterra, James Robinson acrescentou ao site Farmers Guardian: "Sem dúvida ele é um hipócrita”.

"Dizer que está se tornando um vegano para salvar o planeta é uma declaração muito oca proveniente de um competidor do esporte mundialmente menos amigável ao meio-ambiente.”

"Se ele realmente quer reduzir o CO2, eu sugiro que ele se livre do jato particular dele e processe o combustível de seu carro de F1 dos vegetais que ele quer comer."

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Pilotos Lewis Hamilton
Tipo de artigo Últimas notícias