Veja desenhos dos carros pilotados por Schumacher na F1

Desde a Jordan de 1991, até o último, a Mercedes, mostramos as ilustrações de todos os carros pilotados por Michael Schumacher durante sua carreira na F1

As ilustrações são do designer Camille De Bastiani

Jordan 191 de 1991

Jordan 191 de 1991
2/24

Este foi o carro que Michael Schumacher estreou na F1, que só correu uma prova para substituir o belga Bertrand Gachot, no GP da Bélgica.

Benetton B191 de 1991

Benetton B191 de 1991
3/24

Os resultados na Bélgica fizeram Flavio Briatore chamá-lo para preencher a vaga na Benetton-Ford

Benetton B192 de 1992

Benetton B192 de 1992
4/24

Michael Schumacher ganhou sua primeira e única vitória da temporada no GP da Bélgica, em Spa-Francorchamps.

Benetton B193 de 1993

Benetton B193 de 1993
5/24

Com uma vitória e nove pódios, Michael Schumacher começava a aparecer na F1.

Benetton B194 de 1994

Benetton B194 de 1994
6/24

Neste ano o alemão conseguiu seu primeiro campeonato mundial.

Benetton B195 de 1995

Benetton B195 de 1995
7/24

Michael Schumacher foi coroado com o bicampeonato.

Ferrari F310 de 1996

Ferrari F310 de 1996
8/24

A escuderia dá as boas vindas a Schumacher.

Ferrari F310B de 1997

Ferrari F310B de 1997
9/24

Neste ano Schumacher bateu intencionalmente em Villeneuve. Ele não só perdeu o campeonato, como a FIA o puniu com a perda de pontos obtidos na temporada.

Ferrari F310B versão carbon de 1997

Ferrari F310B versão carbon de 1997
10/24

O modelo foi um pouco mais simplificado, mas ainda faltava potência do motor e pacote aerodinâmico.

Sauber C16 de 1997

Sauber C16  de 1997
11/24

Michael Schumacher guiou o modelo em segredo.

Ferrari F300 de 1998

Ferrari F300 de 1998
12/24

Equipado com o motor 3.0 V10 projetado por Rory Byrne

Ferrari F399 de 1999

Ferrari F399 de 1999
13/24

Quase idêntico ao modelo anterior, com pequenas alterações no novo spoiler dianteiro.

Ferrari F1-2000 de 2000

Ferrari F1-2000 de 2000
14/24

Michael Schumacher conseguiu nove vitórias e levou a equipe ao seu primeiro campeonato mundial após 21 anos de fila.

Ferrari F2001 de 2001

Ferrari F2001 de 2001
15/24

O carro foi projetado com as novas alterações do regulamento que exigiam a construção de uma asa dianteira superior, a fim de reduzir downforce.

Ferrari F2001 de Monza em 2001

Ferrari F2001 de Monza em 2001
16/24

Foi a primeira corrida de F1, após os ataques de 11 de setembro. Pela memória das vítimas, a Ferrari pintou o bico de preto, além de não fazer publicidade.

Ferrari F2002 de 2002

Ferrari F2002 de 2002
17/24

Foi um dos carros de maior sucesso da F1 de todos os tempos. Desenhado por Ross Brawn, Rory Byrne e Paolo Martinelli

Ferrari F2003GA de 2003

Ferrari F2003GA de 2003
18/24

O carro foi nomeado "GA" em homenagem a Gianni Agnelli, presidente da Fiat que havia falecido na época.

Ferrari F2004 de 2004

Ferrari F2004 de 2004
19/24

Continua o sucesso da equipe desde 1999, ganhando o quinto campeonato consecutivo de pilotos e o sexto de construtores.

Ferrari F2005 de 2005

Ferrari F2005 de 2005
20/24

O modelo não foi competitivo em quase toda a temporada, a única vitória deste carro foi no GP dos Estados Unidos.

Ferrari 248F1 de 2006

Ferrari 248F1 de 2006
21/24

A temporada de 2006 não poderia ter começado melhor para ele e para Ferrari, após o fraco desempenho de 2005, com a pole no GP do Bahrein, sendo a 65º, igualando o recorde histórico de Ayrton Senna.

Mercedes W01 de 2010

Mercedes W01 de 2010
22/24

Em 23 de dezembro de 2009 torna-se oficial o retorno de Schumi para a F1 para a temporada 2010, com a equipe Mercedes GP inicialmente para três anos.

Mercedes W02 de 2011

Mercedes W02 de 2011
23/24

Schumacher melhora o desempenho e esteve muito mais perto de Nico Rosberg. Novamente com um quarto lugar como melhor resultado pessoal e da equipe, Michael esteve apenas 13 pontos atrás de seu companheiro de equipe.

Mercedes W03 de 2012

Mercedes W03 de 2012
24/24

A má sorte de Schumacher parecia ter terminado no GP da Europa, realizado em Valência, quando obteve seu primeiro pódio desde o retorno à F1 em 2010. O anúncio da contratação de Lewis Hamilton pela equipe em 2013 deixou Michael sem assento. Poucos dias depois, Schumacher confirmou nova aposentadoria.

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Pilotos Michael Schumacher
Tipo de artigo Top List