Ver Schumacher nesta situação é terrível, diz Montezemolo

28,761 visualizações

Ex-presidente da Ferrari fala sobre amigo, mas não revela novos detalhes sobre o seu estado de saúde

Ex-presidente da Ferrari e amigo pessoal de Michael Schumacher, Luca di Montezemolo disse que é terrível ver o heptacampeão de Fórmula 1 na situação que se encontra. Porém, ele não informou detalhes médicos sobre o piloto, que está em sua casa na Suíça recuperando-se de uma queda de esqui sofrida há quase dois anos.

“Michael foi fundamental para a Ferrari. Ele é uma extraordinária pessoa, que mesmo nos momentos de maior dificuldade foi um excelente companheiro. Vê-lo nesta situação é terrível”, disse Montezemolo à emissora alemã RTL.

As informações sobre o estado de saúde de Schumacher são poucas e desencontradas. A família do heptacampeão tem controlado tudo o que se fala sobre o piloto e, de concreto, sabe-se que ele saiu do coma e tem uma equipe de profissionais à disposição em casa.

“Esta é uma situação em que você não sabe o que deve fazer. Então eu tento relembrar os grandes momentos da vida que celebramos juntos. Eu sempre penso que ele foi um excepcional piloto, homem e amigo. Eu também devo dizer que admiro a coragem de sua família. Do fundo do meu coração eu espero ouvir boas notícias em breve”, completou.   

Montezemolo ainda lembrou que Schumacher foi o primeiro a alertá-lo sobre as qualidade de Sebastian Vettel, que mais tarde viria a ser tetracampeão de Fórmula 1.

“O primeiro que nos alertou sobre Vettel foi Michael. Ele disse que ele era esperto, bem comportado, confiante e rápido”, contou. Após quatro títulos na Red Bull, Vettel tenta repetir o sucesso na Ferrari.

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias