Verstappen admite que meta é deixar Toro Rosso em 2017

Holandês acredita que pode continuar na equipe na próxima temporada, mas tem como objetivo "seguir em frente" na carreira

O piloto da Toro Rosso Max Verstappen admite que poderia ficar na Toro Rosso em 2017, mas diz que quer avançar com a sua carreira de Fórmula 1.

O prodígio holandês, que fez sua estreia no último ano com a idade recorde de 17, teve o nome ligado a uma série de equipes para 2017.

Questionado se passar uma terceira temporada com a Toro Rosso em 2017 era uma possibilidade, Verstappen disse ao Motorsport.com: "Pode ser. (Mas) não é o meu objetivo..."

"Eu quero avançar. Quer dizer, é uma grande coisa (estar na Toro Rosso) - Eu tenho um monte de diversão e é uma grande família".

"Mas em um ponto você quer ganhar corridas e você quer ir para a frente, você quer ir para o topo do topo."

Verstappen também insistiu que ele está sentindo nenhuma pressão de ser um jovem piloto no programa notoriamente difícil da Red Bull.

"O futuro parece muito positivo, para o próximo ano também", disse. "Eu estou apenas curtindo esta temporada, tentando ganhar muita experiência e vamos ver onde vamos acabar no próximo ano."

"Nada está acontecendo" sobre ligações com Ferrari

Rumores indicam que a Ferrari é uma das equipes que tiveram um interesse em Verstappen de 2017 em diante - e o holandês não está descontente por tais especulações.

Questionado se ele estava feliz com sua temporada de estreia e se os rumores da Ferrari são um reflexo de seu sucesso na pista, ele disse: "Sim, e é bom que outras pessoas vejam dessa forma".

"É sempre bom ver que seu nome está lá em cima, embora, quero dizer, nada está acontecendo. Estou feliz onde estou no momento."

Entrevista de Roberto Chinchero

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Pilotos Max Verstappen
Equipes Ferrari , Red Bull Racing , Toro Rosso
Tipo de artigo Entrevista