Verstappen admite que quis demais vitória na China

compartilhar
comentários
Verstappen admite que quis demais vitória na China
Por: Matt Beer
26 de abr de 2018 20:19

Piloto holandês diz que foi impaciente em ataques e diz que vitória de Ricciardo foi consequência

Max Verstappen, Red Bull Racing RB14 Tag Heuer, Kimi Raikkonen, Ferrari SF71H, and Daniel Ricciardo, Red Bull Racing RB14 Tag Heuer
Max Verstappen, Red Bull Racing
Max Verstappen, Red Bull Racing RB14 Tag Heuer, leads Kimi Raikkonen, Ferrari SF71H
Max Verstappen, Red Bull Racing
Valtteri Bottas, Mercedes AMG F1 W09, leads Max Verstappen, Red Bull Racing RB14 Tag Heuer, and Kimi Raikkonen, Ferrari SF71H
Race winner Daniel Ricciardo, Red Bull Racing, Jonathan Wheatley, Team Manager, Red Bull Racing, Christian Horner, Team Principal, Red Bull Racing, Helmut Markko, Consultant, Red Bull Racing, Max Verstappen, Red Bull Racing, and the Red Bull team celebrate victory
Max Verstappen, Red Bull Racing RB14 Tag Heuer, makes a pit stop
Max Verstappen, Red Bull Racing RB14 Tag Heuer
Sebastian Vettel, Ferrari SF71H spins after clashing with Max Verstappen, Red Bull Racing RB14
Max Verstappen, Red Bull Racing RB14 and Kimi Raikkonen, Ferrari SF71H battle

A estratégia da Red Bull no GP da China deu certo após o toque das duas Toro Rossos trazer o Safety Car para a pista. Com isso, Max Verstappen saiu dos boxes em quinto com a possibilidade de vencer a prova por ter os pneus mais novos.

No entanto, ele errou duas vezes, saindo da pista enquanto tentava passar Hamilton e depois batendo enquanto tentava passar Vettel.

Perguntado se achava que foi impaciente demais, Verstappen respondeu: "claro, não estou lá para terminar em quinto com o carro que tinha naquele momento. Talvez eu estivesse querendo a vitória demais. Talvez isso tenha me custado caro."

Ele chamou a vitória de Ricciardo de "consequência" de "alguns erros" de sua parte.

Verstappen se apressou em pedir desculpas a Vettel pela colisão, que levou o líder do campeonato mundial a chegar em oitavo lugar, admitindo que tais desculpas aos rivais "não acontecem com muita frequência, mas às vezes precisam ser feitas".

Ele sugeriu que o incidente com Hamilton foi desencadeado pelo piloto da Mercedes, mas entende o que houve.

"Foi uma boa chance, mas o que Lewis fez eu teria feito igual", disse Verstappen.

"No meio da curva, ele apenas me fez espalhar um pouco, eu fui para a parte suja enquanto acelerava, assim que tive que fazer uma correção, foi fácil de perder o carro. Mas foi justo."

Pai de Max, o ex-piloto de F1 Jos Verstappen disse depois da China que a manobra de seu filho em Vettel não funcionaria, e que Max "só precisa pensar mais".

Perguntado se ficou surpreso com as críticas da família, o jovem Verstappen respondeu: "claro que não, porque eu falei com ele, então eu sabia o que estava por vir”.

"Meu pai é o mais duro crítico que tenho no mundo, então se eu puder lidar com ele, posso lidar com qualquer um. Você não é perfeito, ninguém é perfeito, você pode melhorar. Estou muito feliz em ouvir e também melhorar.”

"Na China, o começo foi muito bom, consegui passar dois carros, o ritmo era bom e tudo estava indo muito bem.”

"Então, também não é um grande drama o que aconteceu na China. É claro que o resultado final não foi bom, mas você também tem que olhar para os pontos fortes.”

"Em geral em toda a temporada o ritmo foi bom, mas os resultados ainda não vieram."

Reportagem adicional por Adam Cooper

Próxima Fórmula 1 matéria
Vettel brinca sobre Ricciardo na Ferrari: “É um bom garoto”

Previous article

Vettel brinca sobre Ricciardo na Ferrari: “É um bom garoto”

Next article

Pirelli revela quais pneus vão para o GP da Áustria

Pirelli revela quais pneus vão para o GP da Áustria
Load comments

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Pilotos Max Verstappen Shop Now
Equipes Red Bull Racing Shop Now
Autor Matt Beer
Tipo de matéria Últimas notícias