Verstappen diz que achava que danos seriam mais prejudiciais

Holandês danificou a asa dianteira após choque com Lance Stroll durante GP da Espanha

Max Verstappen se chocou com a Williams de Lance Stroll, enquanto se preparava para o reinício de um período de safety car virtual na parte final da corrida em Barcelona.

Isso deixou o carro da Red Bull sem uma parte da asa dianteira pelo resto da corrida, mas ele conseguiu se manter à frente da Ferrari de Sebastian Vettel e garantir seu primeiro pódio da temporada 2018, em terceiro.

"Eu estava tentando chegar o mais perto possível do delta do safety car virtual e estava bem perto de Stroll", explicou Verstappen.

"Eu senti que ele freou um pouco e eu estava muito perto, então eu acabei tocando nele."

"Felizmente foi apenas o lado externo da asa e pude continuar, eu só tinha um pouco mais de de dificuldade nas curvas de alta. Eu consegui resolver isso com algumas ferramentas e tudo bem."

Perguntado pelo Motorsport.com se ele esperava que o dano lhe causasse mais problemas, Verstappen respondeu: "Inicialmente eu pensava assim. Eu continuei e derrapava um pouco mais nas curvas 3 e 9 e talvez estivesse freando um pouco mais nos hairpins, mas não foi tão ruim, para ser honesto."

"Eu usei algumas ferramentas e estava tudo bem. Foi, claro, um pouco mais lento, mas não acho que isso tenha me afetado muito."

Relatos adicionais por Scott Mitchell

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP da Espanha
Pista Circuit de Barcelona-Catalunya
Pilotos Max Verstappen
Equipes Red Bull Racing
Tipo de artigo Últimas notícias