Verstappen: "é injusto comparar ultrapassagens com Hamilton"

Piloto da Toro Rosso acha que é injusto comprar as suas ultrapassagens no GP do Brasil com os esforços de Hamilton contra Rosberg

Enquanto Max Verstappen foi a estrela do show, com destaque para a sua fantástica ultrapassagem sobre Sergio Perez, Lewis Hamilton reclamou que ficou preso atrás de Nico Rosberg e que foi "impossível" ultrapassar.

As diferentes experiências dos dois pilotos levantaram um debate nas mídias sociais, mas Verstappen foi claro em dizer que as circunstâncias de ambos eram completamentes diferentes, já que Hamilton lutava contra um carro idêntico.

"Com a Mercedes, talvez eles tenham tido problemas enquanto estavam muito próximos um do outro", disse o piloto da Toro Rosso.

"A sua velocidade também era maor, e ambos tinham um bom ritmo, então talvez seja mais difícil ultrapassar. Eu sei que quando a Toro Rosso está atrás de outro carro da equipe, é mais difícil passar", disse.

Forças diferentes

 

 Verstappen acredita que a chave para conseguir ultrapassar na F1 é ter carros com especialidades em áreas diferentes.

"Nó temos velocidade de curva muito boa, então se estamos atrás de uma Lotus, Sauber ou Force India, nós os alcançamos nas curvas rápidas. Isso é definitivamente diferente. Para eles (Merecedes), é igual em tudo - nas curvas e retas. Quando o seu carro é exatamente igual ao do seu companheiro de equipe e você está atrás dele, é uma dura tarefa", afirmou.

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP do Brasil
Pista Autódromo José Carlos Pace
Pilotos Lewis Hamilton , Max Verstappen
Equipes Mercedes , Toro Rosso
Tipo de artigo Últimas notícias