Verstappen: Force India e Williams serão fortes no Bahrein

Para piloto da Toro Rosso, equipes rivais equipadas com motor Mercedes estarão em condições favoráveis em Sakhir e serão grande desafio para equipe de Faenza

Max Verstappen e Carlos Sainz Jr. mostraram na classificação do GP da Austrália que a Toro Rosso possui um bom carro para o início da temporada - o espanhol foi o quarto no grid e o holandês largou em sétimo. Na corrida, entretanto a equipe não confirmou as expectativas: nono lugar para Sainz Jr. e décimo para Verstappen.

Quando questionado pelo Motorsport.com sobre em qual posição a Toro Rosso deveria ter cruzado a linha de chegada em Melbourne, o holandês projetou o top-5, atrás apenas de Nico Rosberg, Lewis Hamilton, Sebastian Vettel e Daniel Ricciardo.

“Poderíamos ter sido quinto. Eu diria que a ordem seria a dupla da Mercedes, Vettel, Ricciardo e então viria nosso carro", disse.

Embora o potencial do STR11 seja evidente, Verstappen acredita que as próximas etapas, como o GP do Bahrein, vão beneficiar os rivais equipados com motores Mercedes, casos de Williams e Force India, carros que ele acredita que poderia ter superado na Austrália.

“Williams e Force India não foram tão fortes em ritmo de corrida em Melbourne, mas certamente eles vão evoluir - especialmente no Bahrein, pista com retas longas", afirmou.

Verstappen resaltou ainda que a briga com a Red Bull é acirrada. A Toro Rosso é rápida na classificação, mas o holandês considera que o time de Milton Keynes possui um ritmo mais forte na corrida.

“Não somos tão velozes quanto eles, mas estaremos próximos. Creio que a corrida no Bahrein será muito mais difícil para nós do que a da Austrália. Daremos o nosso melhor e espero que nosso carro ande bem novamente", disse.

Oportunidade perdida

Apesar da frustração de todos na Toro Rosso por não terem explorado todo o potencial do carro na Australia, Sainz Jr. se mostra confiante, destacando que a lição foi aprendida e, portanto, o time terá resultados melhores nas próximas etapas.

“Não estamos contentes, pois sabíamos que nosso ritmo nos permitiria ir além do nono e décimo lugares, sem dúvida. Foi uma corrida caótica, não era tão simples encontrar a estratégia correta e não fomos capazes de fazer isso", disse.

“Mas estou convencido de que foi uma situação atípica e seremos mais eficientes no Bahrein, mesmo sendo Sakhir uma pista que não favorece nosso carro", completou.

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP do Bahrein
Pista Bahrain International Circuit
Pilotos Carlos Sainz Jr. , Max Verstappen
Equipes Force India , Toro Rosso , Williams
Tipo de artigo Últimas notícias