Verstappen: “nosso objetivo amanhã é marcar pontos”

compartilhar
comentários
Verstappen: “nosso objetivo amanhã é marcar pontos”
Gabriel Carvalho
Por: Gabriel Carvalho
25 de jul de 2015 17:59

Max Verstappen ressaltou que manter a calma após dificuldades pela manhã foi importante e disse que objetivo na corrida é se manter na zona de pontuação

Max Verstappen, Scuderia Toro Rosso com a imprensa
Max Verstappen, Scuderia Toro Rosso STR10
Carlos Sainz Jr., Scuderia Toro Rosso STR10 and Daniil Kvyat, Red Bull Racing RB11
Carlos Sainz Jr., Scuderia Toro Rosso
Carlos Sainz Jr., Scuderia Toro Rosso
Max Verstappen, Scuderia Toro Rosso

Max Verstappen avançou para o Q3 e terminou o treino classificatório para o GP da Hungria, realizado neste sábado (25), na nona posição. O piloto da Toro Rosso ressaltou a importância de ter se mantido calmo após as dificuldades com as altas temperaturas enfrentadas em todos os treinos livres.

"Fiquei feliz com o nono lugar na classificação de hoje, especialmente após enfrentar dificuldades com as altas temperaturas da pista nos treinos livres. Mas mantivemos a calma e eu pude fazer uma boa volta. O resultado de hoje é o máximo que poderíamos fazer aqui e eu me diverti bastante nesta tarde. Nosso objetivo amanhã é marcar pontos, darei o máximo de mim para que isso aconteça", afirmou.

Carlos Sainz Jr., companheiro de equipe de Verstappen, relatou condições opostas às do holandês: estava bem durante os treinos livres, mas o jogo virou justamente na classificação. "Eu me senti bastante confortável com o carro durante todo o final de semana, parecíamos fortes. No entanto, as condições mudaram na classificação, assim como a percepção sobre o carro – especialmente em relação aos freios”, revelou.

“Com os problemas, perdi todas as referências e simplesmente não conseguia um bom ritmo, tinha dificuldade para fazer uma volta rápida. Esperávamos mais, tínhamos potencial para estar entre os dez primeiros. Agora é analisar o que aconteceu e focar na prova de amanhã”, disse o espanhol, que buscou motivação no desempenho apresentado no GP de Mônaco, quando partiu dos pits e terminou em décimo.

“(Hungaroring) Não é uma pista em que as ultrapassagens são fáceis, mas disseram o mesmo sobre Mônaco e eu fui capaz de terminar nos pontos mesmo largando do pit-lane. Tudo é possível amanhã, lutaremos com todas as forças para somar alguns pontos”, encerrou.

Próxima Fórmula 1 matéria
Grosjean fala em brigar por pontos e admite: “tiramos tudo do carro hoje”

Previous article

Grosjean fala em brigar por pontos e admite: “tiramos tudo do carro hoje”

Next article

Com grande largada, Vettel iguala 41 vitórias de Senna na Hungria

Com grande largada, Vettel iguala 41 vitórias de Senna na Hungria
Load comments