Verstappen recebe pontos na licença e fica perto de “gancho”

Somente no GP de Abu Dhabi, holandês recebeu três pontos na licença e chegou a oito; conforme regulamento, o piloto que chegar a 12 no período de um ano é suspenso por uma corrida

Max Verstappen, o grande nome entre os estreantes da temporada 2015 da Fórmula 1, teve um GP de Abu Dhabi que não foi exatamente o ideal para terminar o ano em alta. O holandês cruzou a linha de chegada na 12ª posição, ficando fora da zona de pontuação.

Durante a prova, o holandês se envolveu em uma disputa com Jenson Button e ultrapassou o britânico por fora da pista, atitude que não foi perdoada pelos comissários de prova: punição de cinco segundos parado nos pits pelo incidente, que também rendeu um ponto na licença do piloto da Toro Rosso.

Se a situação já não foi das melhores durante a prova, piorou após o encerramento da corrida em Yas Marina. Os comissários de prova adicionaram 20 segundos ao tempo de prova de Verstappen por considerarem que o holandês não obedeceu às bandeiras azuis e atrapalhou Lewis Hamilton no final da prova.

Com a penalização, Verstappen despencou para o 16º lugar na classificação final da corrida. Além disso, mais dois pontos foram adicionados à licença do holandês. Com os cinco que ele somara após incidentes no GP de Mônaco (dois pontos) e da Hungria (três pontos), Verstappen tem oito no momento.

De acordo com o regulamento da categoria, o piloto que atinge 12 pontos na licença em um período de 12 meses - independentemente de isso acontecer entre uma temporada e outra - é suspenso por uma corrida. Verstappen, portanto, precisará ficar atento nas primeiras corridas de 2016 para não receber um repouso forçado.

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento Abu Dhabi GP
Pista Yas Marina Circuit
Pilotos Max Verstappen
Equipes Toro Rosso
Tipo de artigo Últimas notícias