Verstappen reclama: “Decisões estúpidas matarão o esporte”

Holandês cobra falta de critério da FIA e acredita que regulamento precisa ser mais claro para os pilotos

Max Verstappen não escondeu sua irritação com a punição que sofreu no GP dos Estados Unidos e afirmou que “decisões estúpidas” farão com que a popularidade da F1 apenas diminua.

O holandês conquistou uma ultrapassagem sobre Kimi Raikkonen nos metros finais da prova em Austin, o que lhe havia rendido o terceiro lugar. Porém, quando estava na antessala do pódio, foi informado de que havia recebido 5s em seu tempo de corrida por ter extrapolado o limite do traçado no duelo, o que o derrubou novamente para quarto.

Verstappen se queixou da falta de critério da FIA para a aplicação da punição. “Todos estavam passando dos limites, inclusive eu. Na curva 9 você pode passar do limite, na curva 19 você pode sair da pista e ninguém vai te falar nada. Foi a mesma coisa com [Valtteri] Bottas: fui para a ultrapassagem e ele continuou por fora da pista. Tive de passá-lo e nada foi feito. Ele definitivamente ganhou vantagem. Se ele tivesse ido pela pista, estaria atrás de mim”, queixou-se.  

“Não é bom para o esporte. Eles precisam ser claros quanto às regras e dizer o que é permitido ou não. Tivemos uma ótima corrida, mas essas decisões estúpidas matarão o esporte. Espero que os fãs não gostem dessa decisão e que, no ano que vem, elas não voltem.”

Foi a segunda vez que Verstappen perdeu um pódio na antessala do pódio. No GP do México do ano passado, ele também havia recebido uma punição por ter cortado caminho ao errar uma curva e não devolver a posição.  

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP dos Estados Unidos
Pista Circuit of the Americas
Tipo de artigo Últimas notícias