Verstappen torce por chuva no Brasil para repetir GP de 2016

Holandês, que deu show no molhado para terminar em terceiro em Interlagos no ano passado, espera por condições semelhantes na próxima prova

Vencedor da última prova disputada na F1, no México, Max Verstappen espera poder continuar com a boa fase na próxima etapa, o GP do Brasil. Para isso, ele torce pela chegada de uma aliada em Interlagos: a chuva.

Verstappen brilhou na edição de 2016 da prova brasileira, quando realizou diversas ultrapassagens no fim para terminar em terceiro. Para o holandês, a repetição das condições climáticas certamente lhe serão benéficas.

“Estamos de olho em mais uma performance forte em Interlagos depois de uma corrida realmente divertida no molhado no ano passado. Eu realmente gostei da corrida de 2016, houve grandes batalhas e ultrapassagens que resultaram em um merecido pódio”, disse o piloto.

“Eu também tive um grande susto na reta dos boxes e passei perto [de bater], mas consegui salvar, continuar e conseguir um grande resultado.”

“Espero por mais um fim de semana molhado, já que não acho que seremos competitivos por lá no seco, especialmente com as elevações na reta, que não são nosso ponto forte”, completou.

Verstappen venceu duas das últimas quatro provas disputadas: além de triunfar no Hermanos Rodriguez, o holandês também levou a melhor no GP da Malásia.

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias