Verstappen vê duplo abandono da Mercedes e vence na Áustria

compartilhar
comentários
Verstappen vê duplo abandono da Mercedes e vence na Áustria
1 de jul de 2018 14:36

Piloto da Red Bull vence na casa da equipe, mesmo com bolhas nos pneus

Max Verstappen levou a torcida no Red Bull Ring à loucura, ao vencer o GP da Áustria neste domingo. O piloto holandês aproveitou a quebra de Valtteri Bottas e a demora na parada de Lewis Hamilton para assumir a liderança da corrida e não perder mais. Foi o primeiro triunfo de Max em 2018, o quarto da carreira.

A prova foi marcada pelo duplo abandono dos pilotos da Mercedes, com Bottas sucumbindo a um problema hidráulico e Hamilton não tendo mais potência em seu carro já nas voltas finais.

As bolhas nos pneus de vários carros também ganharam destaque na prova, com Hamilton tendo que fazer um pit stop extra por causa delas, além do próprio Verstappen, que teve que segurar o ímpeto de Kimi Raikkonen nas voltas finais, justamente por ter este problema e não podendo forçar o ritmo.

O finlandês da Ferrari terminou na segunda posição, seguido de seu companheiro de equipe, Sebastian Vettel, que reassumiu a liderança do campeonato.

Entre os ponteiros, além da dupla da Mercedes, Daniel Ricciardo foi a baixa significativa da prova.

A dupla da Haas aproveitou todos os abandonos e fechou na quarta e quinta posições, com Romain Grosjean e Kevin Magnussen, respectivamente. 

A Corrida

Na largada, Bottas não começou bem e Hamilton assumiu a liderança. Raikkonen chegou a ficar em segundo, mas saiu da pista na curva 2. Vettel também não largou bem e caiu para a oitava posição. No final da primeira volta, Bottas era o segundo, seguido de Verstappen, Raikkonen, Ricciardo e a dupla da Haas. Nos giros seguintes o alemão da Ferrari recuperou a sexta colocação.

Como Raikkonen e Vettel foram os únicos entre os ponteiros a largarem com o composto ultramacios, ambos tinham dificuldades de ter ritmo competitivo no início.

Na abertura da 13ª volta, o motor Renault de Nico Hulkenberg se entregou, fazendo com que o alemão abandonasse a corrida.

Logo depois, foi a vez do pole, Bottas, a ter problemas e também sair da corrida. A parte hidráulica o tirava da prova. O safety car virtual foi acionado. Boa parte do grid, menos Hamilton, aproveitou para fazer o único pit stop da prova, calçando o composto macio, o mais rígido do GP.

A não entrada de Hamilton o faria perder a liderança quando parasse, com a equipe admitindo culpa ao piloto pelo rádio.

No 26º giro, Hamilton fez seu pit stop e retornou em quarto, à frente de Vettel. A Red Bull, em casa, assumia as duas primeiras posições, com Verstappen e Ricciardo. Raikkonen era o terceiro colocado até então.

Na metade da corrida, Ricciardo começava a sofrer com bolhas no pneu traseiro esquerdo e a Red Bull analisava se o australiano deveria parar. Independentemente disso, Raikkonen manobrou para o segundo posto na 38ª volta.

Ricciardo fez o pit stop inesperado na 39ª volta. Enquanto isso, Vettel assumia a terceira posição, após grande ultrapassagem em cima de Hamilton.

Na 50ª, a TV mostrava os pneus traseiros de Hamilton com bolhas e se criou a expectativa de uma segunda parada do inglês. E não deu outra, o atual campeão parou novamente com 53 voltas, retornando na quinta posição.

Mas o aniversariante dia teve que abandonar, com problemas mecânicos, faltando 17 voltas e frustrando parte da torcida no Red Bull Ring. O safety car virtual foi acionado, mas sem ninguém entrando nos pits.

Faltando sete giros, foi a vez da Mercedes de Hamilton quebrar.

Nas últimas voltas, Raikkonen se aproximava de Verstappen, que também tinha bolhas nos pneus, mas o dia era do holandês, que triunfou, seguido de Raikkonen e Vettel. Grosjean e Magnussen vieram logo a seguir. 

A próxima etapa da Fórmula 1 acontece no próximo fim de semana com o GP da Grã-Bretanha, em Silverstone.

Resultado final

Cla   # Piloto Chassi Motor Voltas Tempo Diferença Intervalo km/h Pits Abandono Pontos
1   33 Netherlands Max Verstappen  Red Bull TAG 71 -       1   25
2   7 Finland Kimi Raikkonen  Ferrari Ferrari 71 1.504 1.504 1.504   1   18
3   5 Germany Sebastian Vettel  Ferrari Ferrari 71 3.181 3.181 1.677   1   15
4   8 France Romain Grosjean  Haas Ferrari 70 1 lap 1 Lap 1 Lap   1   12
5   20 Denmark Kevin Magnussen  Haas Ferrari 70 1 lap 1 Lap 0.000   1   10
6   31 France Esteban Ocon  Force India Mercedes 70 1 lap 1 Lap 0.000   1   8
7   11 Mexico Sergio Perez  Force India Mercedes 70 1 lap 1 Lap 0.000   1   6
8   14 Spain Fernando Alonso  McLaren Renault 70 1 lap 1 Lap 0.000   1   4
9   16 Monaco Charles Leclerc  Sauber Ferrari 70 1 lap 1 Lap 0.000   1   2
10   9 Sweden Marcus Ericsson  Sauber Ferrari 70 1 lap 1 Lap 0.000   1   1
11   10 France Pierre Gasly  Toro Rosso Honda 70 1 lap 1 Lap 0.000   1    
12   55 Spain Carlos Sainz Jr.  Renault Renault 70 1 lap 1 Lap 0.000   2    
13   18 Canada Lance Stroll  Williams Mercedes 69 2 laps 2 Laps 1 Lap   2    
14   35 Russian Federation Sergey Sirotkin  Williams Mercedes 69 2 laps 2 Laps 0.000   2    
15 dnf 2 Belgium Stoffel Vandoorne  McLaren Renault 65 6 laps 6 Laps 4 Laps   3 Retirement  
16 dnf 44 United Kingdom Lewis Hamilton  Mercedes Mercedes 62 9 laps 9 Laps 3 Laps   2 Retirement  
17 dnf 28 New Zealand Brendon Hartley  Toro Rosso Honda 54 17 laps 17 Laps 8 Laps     Retirement  
18 dnf 3 Australia Daniel Ricciardo  Red Bull TAG 53 18 laps 18 Laps 1 Lap   2 Retirement  
19 dnf 77 Finland Valtteri Bottas  Mercedes Mercedes 13 58 laps 58 Laps 40 Laps     Retirement  
20 dnf 27 Germany Nico Hulkenberg  Renault Renault 11 60 laps 60 Laps 2 Laps     Retirement

 

 

Próxima Fórmula 1 matéria
TABELA: Após ser 3º, Vettel reassume liderança do campeonato

Previous article

TABELA: Após ser 3º, Vettel reassume liderança do campeonato

Next article

GALERIA: Grid do GP da Áustria em imagens

GALERIA: Grid do GP da Áustria em imagens

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Evento GP da Áustria
Pilotos Max Verstappen Shop Now
Equipes Red Bull Racing
Tipo de matéria Relato da corrida