Vettel acredita em concorrência forte na luta pelo tri

Alemão acredita que restrições nas regras nos últimos dois anos faz com que os carros fiquem mais parecidos

Vettel está confiante em relação ao RB8, lançado hoje

Sebastian Vettel espera maior concorrência dos rivais em sua tentativa de conquistar o terceiro título mundial seguido. O alemão acredita que, com o banimento do difusor duplo em 2011 e do escapamento soprado em 2012, duas grandes armas da Red Bull, a tendência é os rivais se aproximarem.

“Olhando os carros, você sabe que não há muito o que os projetistas possam fazer para conseguir algo extra. Nas últimas duas temporadas tivemos duas grandes coisas tiradas, os difusores duplos e o escapamento soprado. Assim, é difícil criar uma diferença”, afirmou em material distribuído pela equipe.

“No início do ano [de 2011] não esperávamos nada do que aconteceu ano passado, então acho que é o mesmo. Seria errado entrar nessa temporada esperando que 2011 acontecesse de novo. Acho que neste ano será muito, muito próximo e qualquer coisa diferente que aconteça seria uma surpresa.”

Depois de conquistar o título de 2011 com quatro corridas de antecipação, fechando o ano com 11 vitórias de 19 possíveis, Vettel lamenta que não possa levar nada desta vantagem para a temporada 2012, mas se diz confiante.

“Diferentemente de outros esportes, como o tênis, o número um não começa a temporada com a vantagem que ele terminou a outra. Todos nós começamos sem pontos e todos têm uma nova chance, com os carros novos. Então, até que todos entrem na pista para correr contra o outro nós realmente não sabemos. Mas estou tão confiante quanto possível neste momento e espero que tenhamos bons dias de testes para nos prepararmos bem para a temporada.”

O atual bicampeão do mundo reconhece que cresceu muito de 2010 para 2011 e acredita que ainda pode melhorar em alguns aspectos.

“Claro que muito do que fizemos bem vamos tentar manter e até melhorar, mas há muitas coisas aqui e ali – coisas pequenas, detalhes, atenção ao detalhe – em que você pode trabalhar para fazer a diferença no domingo. Pode ser que só ajude em uma das 20 corridas, mas pode lhe trazer o ponto que vai fazer diferença no final.”

Falando sobre o RB8, modelo com o qual a Red Bull pretende continuar seu domínio dos últimos dois anos e meio, Vettel se disse animado pelo fato de, até agora, tudo ter corrido com muita normalidade.

“Na primeira vez que entrei no carro para checar a posição, os pedais, se tudo funciona, e acho que foi o mesmo para o Mark, tudo correu bem e me senti muito confortável, diferentemente dos outros carros, que precisaram de alguns ajustes pequenos.”

Mas um detalhe que depende dele ainda não foi resolvido. Vettel tem o costume de dar apelidos para seus carros. Foi campeão em 2010 com a Luscious Liz  e bi a bordo de Kinky Kylie no ano seguinte.

“Até agora, não tem nome. Temos alguns candidatos, candidatos quentes, mas nada decidido.”

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Pilotos Mark Webber
Tipo de artigo Últimas notícias