Vettel admite que não está ansioso para a introdução do halo

Tetracampeão acredita que ainda é preciso trabalhar em detalhes para entrada do utensílio, mas reconhece que já se trata de algo “do jogo”

Sebastian Vettel admitiu que não está ansioso para a introdução do halo da F1, mas considera que a novidade “faz parte do jogo” com o aumento na segurança na categoria.

Os carros da F1 de 2018 passarão a contar com o utensílio, cuja introdução provocou debates e críticas das mais diversas partes. Para o piloto da Ferrari, o halo ainda precisará de alguns ajustes, mas que ele não terá alternativas a não ser se familiarizar com a peça.

“Não estou ansioso para isso, mas é parte do jogo. Tenho certeza de que nos acostumaremos”, comentou o piloto alemão.

“Já experimentei por algumas vezes. Tenho certeza de que há algumas coisas que precisam mudar, como as luzes no grid de largada. É preciso mexer em algumas coisas, mas acho que isso acontecerá quando estivermos próximos dos carros do ano que vem.”

“Mas, sim, ele fica logo na frente da sua cara, na frente de seu capacete. Mas nos acostumamos. O que precisamos ver ainda conseguimos ver, caso contrário não o introduziríamos”, completou.

 

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Pilotos Sebastian Vettel
Tipo de artigo Últimas notícias