Vettel afirma que Ferrari é melhor que Red Bull de 2014

Alemão diz que declinará convite de Rosberg para ir a box da Mercedes: “Usaram isso para marketing”

Com um bom pódio em sua estreia pela Ferrari, o piloto alemão Sebastian Vettel chega à Malásia otimista para a segunda etapa da temporada 2015. Vencedor de três edições da corrida em Sepang, em 2010, 2011 e 2013 pela Red Bull, o piloto reconhece que seu novo carro seja melhor do que ele esperava.

[publicidade]Para o número 5, seu carro de 2015 é melhor do que o equipamento que lhe foi concedido pela Red Bull no ano passado.

"Eu acho que é natural que os carros deem um passo à frente, e para ser honesto desde o primeiro dia eu me senti muito feliz", disse ele.

"No carro do ano passado eu estava obviamente tendo um pouco de dificuldade aqui e ali, e não estava inteiramente feliz.”

"Com o carro deste ano e a Ferrari deste ano, desde o primeiro dia eu estava razoavelmente feliz com o equilíbrio que temos no carro. Sabemos que temos que melhorar, mas em termos do que eu posso sentir e que eu posso fazer eu estava muito feliz."

Sobre o convite que recebeu de Nico Rosberg durante a coletiva de imprensa pós-corrida no GP da Austrália, o alemão disse que não irá à reunião após os treinos de amanhã no box da Mercedes.

"Eu acho que quando eu estava brincando com Nico na conferência de imprensa que o acordo era um convite era para todo o paddock", disse Vettel nesta quinta-feira.

"Agora parece que o convite se encolheu apenas a mim.”

"Inicialmente, eu acho que ele foi repreendido por Niki Lauda e Toto Wolff, mas agora eles disseram sim, então eu acho que estão usando isso como alguma coisa mais para marketing do que me convidando de verdade, então a resposta é não."
Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias